Projeto estimula jovens no combate à violência familiar

O “Educar é Transformar” promovido pela Uninter tem como objetivo levar informação e sensibilizar alunos, professores e comunidade, diminuindo significativamente a violência doméstica e familiar.

A Uninter, por meio do projeto “Educar é Transformar”, em parceria com o Tribunal de Justiça do Paraná, com a Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar (Cevid, do TJ-PR) e o Conselho da Comunidade de Fazenda Rio Grande, tem promovido desde 2019, palestras para esclarecer e fortalecer as redes de proteção contra a violência doméstica e familiar. Até julho, as ações alcançarão mais de 5 mil estudantes da rede pública de ensino de Curitiba e região metropolitana.

 

O projeto surgiu a partir do programa Justiça pela Paz em Casa, que trata-se de uma mobilização nacional para aprimorar a prestação jurisdicional em casos de violência doméstica e familiar.

 

Os debates giram em torno do ODS-16, um dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas, que visa promover sociedades pacíficas e inclusivas para o desenvolvimento sustentável, proporcionar o acesso à justiça para todos e construir instituições eficazes, responsáveis e inclusivas em todos os níveis. Os temas abordados são os crimes cibernéticos, a Lei Maria da Penha, violência de gênero e as formas de violação de direitos das crianças, dos adolescentes e das mulheres.

 

“Nosso objetivo é sensibilizar os alunos e professores de escolas públicas estaduais, e a comunidade em geral, diminuindo significativamente a violência doméstica e familiar. Percebemos que a comunidade bem informada sabe denunciar onde ocorrem os abusos, criando uma rede de proteção social, e fortalecendo a todos de uma forma geral”, afirma Rodrigo Berté, pró-reitor de Graduação da instituição.

 

Este ano, o ciclo das ações iniciou-se nos colégios estaduais de Fazenda Rio Grande. No dia 29 de março, ocorreu no Colégio Estadual Desembargador Cunha Pereira, seguindo no dia 31 de março para o Colégio Estadual Desembargador Jorge Andriguetto. Em 5 de abril foi a vez do Colégio Estadual Abílio Lourenço dos Santos; no dia 8 de abril, no Colégio Estadual Dr. Bayard Osna; e no dia 12 de contemplou o Centro Estadual de Educação Profissional de Fazenda Rio Grande.

 

Para 2022 o “Educar é Transformar”, está promovendo um concurso de redações que contará com 10 premiações. Também foram criados os ODS Universitários Uninter, que farão parte do projeto a partir deste ano. “Queremos promover uma corrente positiva de justiça, paz, equidade, igualdade e educação de qualidade, que fazem parte dos 17 ODS, além de sensibilizar a todos por meio das palestras, debatendo questões que envolvem a violência doméstica e familiar, buscando socializar o conhecimento”, conclui.

 

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui