XPO Club se prepara para mais três noites de festa

XPO Club se prepara para mais três noites de festaDepois de um final de semana surpreendente, a balada da Expoingá abre as portas novamente na quinta, sexta e sábado com alguns dos maiores DJs do Brasil. Nesta quinta-feira são cinco atrações agitando a pista, entre elas, Lucas Beat, músico do interior paulista e fenômeno que estará presente juntando funk com sertanejo e forró. A mistura inusitada é sucesso, com remixes estourados em todo o País. Na sexta, um dos destaques é Constantinne, com cinco anos de experiência na música eletrônica e dono do hit “Eyes” com mais de 50 milhões de streams em todas as plataformas, com lançamentos pela Universal Music e Sony Music e presença em baladas como Universo Paralelo, Green Valley, Belvedere Beach Club e Anzu Club, envolvendo o público com sets que viajam nas vertentes da House Music. Já no sábado, noite de despedida da XPO Club, Hawk é uma das grandes revelações da música eletrônica nacional presentes na festa, figurando entre os top 20 DJs brasileiros mais ouvidos no Spotify.

XPO Club se prepara para mais três noites de festaA XPO Club estreou na última sexta-feira, com portas abertas também no sábado e no domingo, trazendo nomes como Malifoo, MAVI, Vinne, Victor Eintein e Bhaskar e cumpriu com a missão de surpreender e proporcionar sensações inéditas. O público aproveitou a cenografia diferenciada e espaços instagramáveis espalhados por toda a estrutura. “Estava tudo incrível e foi uma experiência bem diferente”, diz a estudante de biomedicina Maria Eduarda. A presença de uma festa eletrônica desse porte dentro de uma das maiores exposições agropecuárias do Brasil superou as expectativas. “Não esperava encontrar algo assim dentro da Expoingá. Os DJs são todos de altíssima qualidade”, conta o analista Vitor Hugo dos Santos.

“Uma conquista”

Malifoo, que se apresentou na primeira noite, comemora: “É uma vitória ter uma balada com essa estrutura em uma feira agropecuária deste porte. A  música eletrônica por anos foi associada a estereótipos negativos e ter este acontecimento aqui é algo enorme para toda a cena de música eletrônica no País todo, não só localmente. Com certeza tem que ser visto como uma bela conquista, e espero que a cidade de Maringá desfrute 100% disso”.

XPO Club se prepara para mais três noites de festaVinne, um dos astros da segunda noite da balada, que trouxe para a XPO Club o mesmo set que apresentou no Lollapalooza, diz que “o formato do evento é perfeito para trazer mais público para o eletrônico”. E Bhaskar, que se apresentou no domingo, se impressionou com a maturidade do público da festa ao curtir sons mais elaborados do gênero e acompanhar todo o set com a mesma animação das músicas mais comerciais. “Fiquei surpreso e empolgado em poder participar dessa história”.

Para os organizadores, a festa XPO Club já é considerada case de sucesso. “É muito gratificante para nós, promotores de eventos, criar um projeto do zero – do nome à identidade e ao conceito – e ver acontecendo diante de nós. A XPO está acontecendo exatamente como imaginamos. Este é um case nacional dentro da cena eletrônica que mostra que o ritmo está crescendo e ganhando o gosto do brasileiro cada vez mais. O solo sagrado que abrigou a Barraca Universitária por mais de 20 anos continua emocionando. Música é música, independente do ritmo”, diz a head de conteúdo do Grupo Maringá de Comunicação e idealizadora do projeto, Jany Lima.

Serviço

XPO Club se prepara para mais três noites de festaA festa começa às 23 horas, no mesmo local onde tradicionalmente ficava a Barraca Universitária (que será realizada no segundo semestre). A censura é 18 anos e a entrada ao evento vai até as 3 horas da manhã, pelo portão da Avenida Guaiapó. Os ingressos estarão à venda nas bilheterias da Expoingá a partir das 18 horas.

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui