O primeiro aplicativo para publicações científicas em português estará no Congresso da SOCESP

A agilidade das mídias sociais e das novas plataformas de comunicação agora também está disponível para a ciência brasileira. O primeiro aplicativo em português que existe no mercado para artigos, textos acadêmicos e científicos de saúde, o InforMed, e que foi desenvolvido pela mais tradicional editora de livros do segmento, a Manole, participará de um dos mais importantes Congressos de Cardiologia do Brasil – SOCESP.

O InforMed tem o mais relevante conteúdo de cardiologia do país formatado para que o cardiologista encontre apoio na sua decisão clínica. São artigos científicos de mais de 10 obras da especialidade entre elas Manual de Ecocardiografia, Manual de Residência em Cardiologia, Tratado de Cardiologia – SOCESP, Cardiologia Diagnóstica Pratica HSL e Manual de Condutas e Emergências do InCor, entre outras.

A plataforma viabiliza o acesso a mais de 70 mil conteúdos científicos, com curadoria e revisão cuidadosa de especialistas renomados, que compõem o comitê editorial da Manole. “Todo conteúdo digital está indexado com termos médicos, apoiado no DECS/MeSH, o que permite uma busca correta para o profissional da saúde. São artigos, aulas, algoritmos, capítulos, diretrizes nacionais e internacionais, imagens, podcasts, fichas de medicamentos com interações e reações adversas para uma prescrição segura e assertiva, além de tabelas, vídeos e webinares. Todo o conteúdo tem funções que permite você escutar enquanto faz sua corrida matinal, por exemplo, e ainda acelerar o áudio se achar necessário”, explica Marcos Garcia Gerente de Produto e Tecnologia do Informed.

Com o InforMed, o profissional pode atualizar, otimizar suas habilidades clínicas, tomar decisões à beira-leito, estudar e estar em dia com tudo o que há de novo na medicina e na saúde, de maneira rápida, fácil e inteligente. O aplicativo é multiplataforma, podendo ser acessado de smartphones, tablets e computadores. “O usuário pode fazer anotações pessoais, escrever comentários, marcar um artigo como favorito e ainda compartilhar o conteúdo com o seu grupo de discussão clínica, enfim, é uma plataforma totalmente customizável”, explica o executivo.

O InforMed ainda permite buscas por relevância, através do sistema machine learning (por data, aula, nome do autor, etc.) ou por palavras chaves. É certificado em blockchain, ou seja, a informação que possui propriedade intelectual é protegida contra hackers e consegue restringir a difusão de cópias dos conteúdos digitais.

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui