A Curitiba do samba enaltece as Mulheres Negras

Samba da Nega volta em uma festa edição especial com a produtora cultural Soul Black enaltecendo o Julho das Pretas

A Curitiba do samba enaltece as Mulheres Negras O Samba da Nega volta em edição especial dia 30 de Julho para os fãs do gênero na cidade de Curitiba. Com homenagem às mulheres Negras, teremos participação especial de DN Marilu e Jay Ferreira com menção Honrosa a mulheres negras em diferentes áreas como Neli Gomes,Deby Tranças, Ialorixá Angela e a presença da Coreógrafa, Dançarina, Professora e Passista Ana Arruda e DJ Mitay. 

O Julho das Pretas comemora o dia 25 de Julho, Dia Internacional da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha. 

Idealizado pela cantora Janine Mathias, o projeto Samba da Nega volta após 3 anos em parceria nesta edição com a produtora Soul Black In. A festa será no Vila Ida , no dia 30 de Julho, sábado às 21hs . 

O Samba da Nega é uma celebração ao samba e foi idealizado por Janine Mathias para criar um espaço em que a ancestralidade negra e a história da música brasileira são exaltados. O projeto existe desde 2014 e já foi realizado em diversos espaços da cidade. Nessa história, o projeto já reuniu diferentes artistas com mais de 50 edições, sendo essa a 14°edição da festa – entre banda e convidados – e têm público fiel que a cantora chama de “família da nega”. 

O repertório da festa passeia pela história do samba, em todas suas vertentes: partido alto, samba enredo, gafieira, samba de breque, samba rock, samba canção, samba dolente. Janine Mathias também faz uma grande homenagem às mulheres do gênero, principalmente às mulheres negras, reconhecendo e valorizando aquelas que são referências absolutas – como Dona Ivone Lara, Elza Soares,Jovelina Pérola Negra, Clementina de Jesus, Leci Brandão – e celebrando nomes da atualidade – como Mariene de Castro e Teresa Cristina. Além disso, com um olhar global do papel que o samba teve e tem em cada tempo. 

A grande roda de samba é comandada por Janine Mathias, nos vocais, acompanhada por Gustavo Moro e Thiago Martins nas cordas e Diorlei Santos e Sérgio Pires nos batuques. “Fazer o Samba da Nega vem da vontade de, como canta Alcione, ‘não deixar o samba morrer’. Queremos celebrar a história e o significado ancestral do samba ao lado de mulheres que protagonizam em espaços importantes na nossa cultura, criando um

espaço de encontro e celebração e reconhecimento”, diz a cantora. A festa também conta com discotecagem do DJ Popson e DJ Mitay, seguindo no balanço do samba. A Produtora Cultural SOUL BLACK, fez um convite de parceria a cantora, que vem da vontade de expandir as possibilidades do projeto e manter uma agenda anualmente para a festa. “Queremos parar um pouco o tempo para estarmos juntos, celebrar as pessoas em toda sua diversidade e alegria e insistir na presença compartilhada”, dia Janine Mathias. 

A casa abre sempre às 21h com a feira de Afro-Empreendedoras e discotecagem, a banda começa á partir das 22h30 seguindo a noite com as atrações especiais. A cerveja oficial do evento é a Praya diretamente do Rio de Janeiro. 

JANINE MATHIAS 

Cheia de tempero, gostos e sabores, Janine Mathias lançou seu primeiro álbum ‘Dendê’ em 2018. A cantora e compositora é conhecida justamente por sua cadência musical. No samba ela tem suas principais raízes: é filha de sambista do berço boêmio de Brasília, cidade onde também nasceu. Radicada em Curitiba desde 2009, foi aqui que nasceu musicalmente. 

Janine Mathias canta o resgate da ancestralidade e a autoestima da mulher negra. O cerne do álbum passa por união, origem e herança. O álbum, para a artista, é um símbolo de coletividade: as dez faixas contaram com a contribuição de muitos artistas, seja na produção, com parcerias ou simplesmente inspiração musical. 

Com o show “Dendê”, já passou por várias cidades do Brasil, incluindo uma circulação descentralizada nos bairros periféricos de Curitiba. A cantora e compositora Janine Mathias representa a voz da juventude, pois traz em sua cadência o samba e o rap. Ela canta a autoestima da mulher negra e celebra a sua ancestralidade. Se prepara pra lançamento do seu segundo Álbum lançando singles Me Enfeita e circulando com show de pré lançamento do que também é o nome do seu novo show: Devoção. 

SERVIÇO: 

SAMBA DA NEGA – Edição Julho das Pretas – Soul Black In 

Onde: Vila Idá – Al. Dr. Muricy, 1089 – São Francisco, Curitiba – PR. 

Quando: 30/07/2022 

Horário: casa abre às 21h com Feira Afro e Discotecagem –A Banda começa às 22h. Quanto: 15 reais antecipado e 25 reais no dia. 

Ingressos antecipados (shotgun): R$15 

https://shotgun.live/pt-br/events/samba-da-nega 

Pontos de Vendas Antecipado: Brechó das Pretas e Deby Tranças. 

Ingressos na hora: R$20 

Ficha técnica 

Passista: Felipe Barão -Miss Preta. 

Participação especial da Dançarina, Coreógrafa e Professora e Ana Arruda Produção: Soul Black In Produção Cultural e Janine Mathias. 

Participação Especial: 

Cantoras DN Marilu e Jay Ferreira. Passista Ana Arruda.

Banda SAMBA DA NEGA: Gustavo Moro,Thiago Martins, Diorlei Silva, Sérginho Pires, Janine Mathias. 

MENÇÃO HONROSA 

Neli Gomes, Deby Tranças, Iya Angela

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui