Dúvidas sobre a gravidez e os cuidados com o recém-nascido? Especialistas dão dicas para as futuras

Médicos pediatra e obstetra do Hospital Santa Cruz/Rede D’Or, que ministram o curso Gestar Bem, compartilham dicas sobre gravidez, parto e cuidados com o recém-nascido

A primeira gravidez é um momento de muita alegria, mas também cheio de dúvidas e receios das mamães e papais de primeira viagem. Para aliviar as tensões desse período tão esperado, dois especialistas do Hospital Santa Cruz/Rede D’Or compartilham dicas para as mulheres e sobre os cuidados com os bebês.

 

A gravidez

 

Mesmo antes de confirmar a gestação, a mulher pode se sentir insegura e não saber quando é o momento certo de procurar um médico. O ginecologista e obstetra Nicolau Cotelesse compartilha os principais indícios de uma gravidez. “Os mais conhecidos são enjoo, cólicas e aumento de sensibilidade das mamas, além do atraso menstrual. Mas também acontece a constipação, o aumento da frequência urinária, a sonolência, tontura e a ocorrência de acne e melasma, por exemplo. Com os primeiros sinais, já é hora de buscar um especialista”, destaca Cotelesse.

 

No consultório, o médico ressalta que uma das dúvidas das mulheres é sobre o ganho de peso durante a gravidez. “É um dado que muda conforme o IMC [Índice de Massa Corportal]”. Para não deixar dúvidas, o obstetra divide a seguinte base de dados sobre o aumento de peso durante a gravidez, considerando os valores do Índice na pré-gestação: Para mulheres com IMC menor que 20, o ideal é entre 12 e 18 kg; já entre 20 e 25, o crescimento é de 11 a 16 kg; com Índice entre 25 e 30, o total varia entre 7 e 11,5kg a mais; já para grávidas com a massa corporal maior do que 30, o ideal é um aumento de 5 a 9 kg. Mas, “cada caso deve ser avaliado de forma individual”, alerta o especialista.

 

Como saber se chegou a hora?

O parto pode ser o momento de maior tensão da mamãe, é comum as gestantes não saberem identificar quando devem procurar ajuda. O Dr. Nicolau lista quais são os principais sinais de que está na hora de ir à maternidade. “A gestante deve se dirigir ao Hospital se houver ruptura da bolsa, dor embaixo do ventre de forma rítmica, sangramento vaginal, secreção esverdeada vaginal, aumento de pressão ou percepção de poucos movimentos fetais”, aconselha.

 

Chegada do bebê

 

Outro fator que pode gerar dúvidas às gestantes são os processos durante e após o parto. O Dr. Ênio Luís Torricillas, pediatra no Hospital Santa Cruz/Rede D’Or, tranquiliza as mães sobre os primeiros cuidados com o bebê, para serem o mais humanizado possível. “O recém-nascido vai fazer o contato pele a pele e vai ser amamentado na sala do parto, mesmo na cesárea. O bebê será atendido na mesma sala do procedimento, e aguardará no centro cirúrgico junto com a mãe e o pai, até serem liberados para o quarto”, explica o médico, acrescentando que os primeiros cuidados e testes que o bebê irá realizar no hospital também são feitos na presença dos pais e no quarto.

 

O pediatra também esclarece a importância de ter uma equipe preparada para os imprevistos que podem ocorrer no parto. “Todos os pediatras do HSC são neonatologistas especializados no atendimento ao RN de alta complexidade, como nas emergências que podem surgir em qualquer tipo de parto, além de contar com o apoio de uma UTI moderna com todos os equipamentos e especialistas necessários se este for o caso”, acrescenta.

 

Curso Gestar Bem

 

Para ajudar nessa fase tão delicada, o Hospital Santa Cruz realiza o curso Gestar Bem, compartilhando informações e boas práticas para uma gravidez tranquila, um parto adequado e preparação dos cuidados essenciais na chegada do bebê. A supervisora da maternidade e responsável pelo curso, Daniele Garcia, explica que o Gestar Bem é um curso destinado para mamães, papais ou acompanhantes de primeira viagem. “O curso de gestante é elaborado por profissionais qualificados que orientam a gestante e seu acompanhante sobre a gravidez, o parto, a amamentação e os primeiros cuidados com o recém-nascido”, explica.

 

As aulas são ministradas por obstetra, anestesista, pediatra e com uma enfermeira sobre amamentação e cuidados com o recém-nascido. Para o Dr. Torricillas, além dos pontos compartilhados anteriormente, o curso também instrui sobre os primeiros cuidados com o bebê. “Os pais serão orientados a realizar procedimentos comuns como cuidados com o cordão umbilical, banho, sono, ritmo das mamadas, além de uma orientação sobre emergências como apneias e engasgos aprendendo como se portar nesse momento com exemplos práticos”, relata.

 

Alice Marcondes Angheben foi uma das participantes deste ano, e vai ter a sua primeira filha no HSC. “O curso me deu segurança sobre o parto e os primeiros cuidados com o bebê, principalmente por trazer valores como a individualização, o respeito e a humanização no nascimento, sem abrir mão da segurança e saúde do bebe e da mamãe”, menciona.

 

O curso é ofertado para gestantes com idade gestacional a partir de 24 semanas, ou 6 meses, e acontece uma vez por mês no HSC. Com duração de um dia, o curso tem o valor de R$300 para mãe e mais um acompanhante. As inscrições podem ser realizadas pelo site: www.hospitalsantacruz.com/maternidade/curso-gestar-bem ou pelo telefone: (41) 3312-3000.

 

Sobre o Hospital Santa Cruz

Fundado em 1966, o Hospital Santa Cruz está localizado no bairro Batel, em Curitiba (PR), e, desde junho de 2020, é unidade integrante da Rede D’Or São Luiz – maior rede de hospitais privados do país com atuação no Rio de Janeiro, São Paulo, Distrito Federal, Pernambuco, Maranhão, Bahia, Sergipe e Paraná. O Hospital Santa Cruz é considerado um centro de alta complexidade no atendimento das áreas de Oncologia, Cardiologia, Cirurgia Geral, Neurologia, Ortopedia, Pronto-Atendimento e Maternidade. Com estrutura e equipe multidisciplinares, equipamentos de última geração e um moderno centro cirúrgico, oferece cuidado de alta qualidade centrado no paciente, segurança assistencial e humanização do atendimento. É reconhecido com o selo de Acreditação com Excelência Nível III, entregue pela ONA, sendo a instituição acreditada nesta categoria por mais tempo no Estado. Mais informações em www.hospitalsantacruz.com.

 

Sobre a Rede D’Or São Luiz

Fundada em 1977, a Rede D’Or São Luiz é a maior rede privada de cuidados integrados em saúde do Brasil. O grupo conta atualmente com 69 hospitais e marca presença em São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Distrito Federal, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Maranhão, Sergipe, Ceará e Bahia. São cerca de 9 mil leitos operacionais, 60 mil colaboradores e 87 mil médicos credenciados, que realizaram aproximadamente de 2,7 milhões de atendimentos de emergência, 256 mil cirurgias, 39,8 mil partos e 523 mil internações nos últimos 12 meses.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui