Obra consciente: como realizar uma reforma e manter uma boa relação com os vizinhos

O arquiteto Bruno Moraes indica uma série de ações que podem contribuir com o andamento dos trabalhos e com o bem estar de todos do prédio

Pequenas atitudes podem mudar completamente o andamento de uma reforma no apartamento | Projeto de Bruno Moraes Arquitetura | Foto de Luis Gomes

O início de ano é o momento em que muitas pessoas decidem realizar uma reforma residencial. Principalmente para quem já trabalha em esquema híbrido ou de home office total, essa é uma boa época para fazer as mudanças desejadas, por se tratar de um período relativamente mais tranquilo. No entanto, especialmente para quem mora em apartamento, é necessário tomar cuidado com os excessos para não prejudicar a rotina dos vizinhos. Para quem visa manter uma boa relação com todos do prédio, o arquiteto Bruno Moraes, do escritório Bruno Moraes Arquitetura, com larga experiência em obras residenciais, preparou uma série de dicas para a realização de uma reforma mais organizada e com o menor impacto possível. Confira!

Durante a pandemia muitas pessoas migraram para o home office. Esse é mais um motivo para ter atenção durante as reformas | Projeto de Bruno Moraes Arquitetura | Foto de Guilherme Pucci

Home Office x Obra

A primeira recomendação representa a base de tudo: Empatia! Seja o morador do imóvel, ou alguém da equipe que está realizando o trabalho, é preciso se colocar no lugar dos vizinhos. “Portanto, é preciso fazer tudo o que for possível para que a obra inferira o mínimo possível na rotina dessas pessoas”, aconselha Bruno. Apesar da pandemia se tratar de um período atípico, há muitos indícios de que a forma de morar e trabalhar não será mais igual para todos, mesmo quando tudo estiver totalmente normalizado.

Obra consciente: como realizar uma reforma   e manter uma boa relação com os vizinhos
O arquiteto Bruno Moraes em uma de suas obras | Foto de João Olivers

Tenho visto que muitas empresas deverão adotar o modelo híbrido, ou seja, com alguns dias de trabalho em casa e outros na empresa, ou com um local de coworking para reuniões. Dessa forma, tanto os prédios residenciais, quanto os escritórios de arquitetura terão que se adaptar a essa nova realidade e repensar algumas ações”, diz Moraes.

Respeite as regras do condomínio

Principalmente após 2020, muitos condomínios estabeleceram regras específicas para reformas, com o intuito de auxiliar quem está trabalhando ou estudando em casa. Por exemplo, muitos prédios orientam para que as atividades mais intensas da obra sejam realizadas preferencialmente das 11h às 14h, que geralmente é o horário de almoço dos moradores. Tal medida tem o intuito de atrapalhar menos a vida dos vizinhos. Afinal de contas, enquanto a parede da obra está sendo quebrada em cima, no imóvel inferior pode estar ocorrendo uma videoconferência profissional.

Obra consciente: como realizar uma reforma   e manter uma boa relação com os vizinhos
Imagens durante e depois da reforma de um banheiro | Projeto de Bruno Moraes Arquitetura | Fotos: Divulgação e Guilherme Pucci

Organize os horários para cada atividade

Mesmo que o condomínio em questão não tenha nenhuma regra específica ainda, é possível coordenar a equipe de obras, de forma a definir horários específicos para atividades com barulho. “Combine com os colaboradores um intervalo de tempo para atividades de quebra-quebra, depois outro para limpeza e descida de entulho, outro para impermeabilização, etc. Dessa forma, haverá menos incômodo aos vizinhos”, aconselha.

Obra consciente: como realizar uma reforma   e manter uma boa relação com os vizinhos
Placas informativas e bem humoradas na porta do apartamento e próxima ao elevador | Projeto de Bruno Moraes Arquitetura | Divulgação

Boa Comunicação

“Poeira & Tinta & Cimento & Barulho. Desculpe o transtorno. Estamos em obras”. Essa frase séria, mas ao mesmo tempo descontraída, é a mensagem escrita pelo escritório de arquitetura nas placas para a vizinhança – que ficam na porta de entrada do apartamento, ou próximas ao elevador do andar.

Junto com esse aviso, nós incluímos também uma carta com as informações referentes ao trabalho – como os nomes dos profissionais responsáveis e dos moradores, um detalhamento do serviço prestado, além dos contatos do escritório para casos de problemas”, revela ele. Portanto, tanto por parte dos moradores como da equipe de profissionais, é importante que se tenha transparência nas atividades realizadas e, ao mesmo tempo que todos estejam abertos para o diálogo com os vizinhos.

Obra consciente: como realizar uma reforma   e manter uma boa relação com os vizinhos
Projeto residencial do escritório Bruno Moraes Arquitetura | Foto: Luis Gomes
Obra consciente: como realizar uma reforma   e manter uma boa relação com os vizinhos
Coordenador de Obras orientando um dos colaboradores | Foto: João Olivers

Gentileza gera gentileza

Com pequenas atitudes – seja o morador do apartamento ou responsável pela obra – é possível ganhar a confiança de quem está ao lado. “Em meu escritório, nós criamos sacolinhas personalizadas para os vizinhos, em que colocamos chocolates junto com uma carta assinada a mão. No texto, nós explicamos a história da reforma, os sonhos que envolvem aquela família, para que todos participem desse momento. Pedimos desculpas pelo transtorno, explicamos que iremos minimizar a questão de poeira e barulhos, e que ficamos à disposição para ajudar no que for preciso”, conta Bruno.

Obra consciente: como realizar uma reforma   e manter uma boa relação com os vizinhos
Sacolinha com chocolates que foi colocada na porta do vizinho de obra | Divulgação Bruno Moraes Arquitetura

Além disso, o escritório também criou duas playlists musicais (que podem ser acessadas através de um QR Code), para que os vizinhos possam ouvir um som legal no momento em que estiverem relaxando ou trabalhando – sendo uma delas com músicas cantadas e outra instrumental. “Tais iniciativas sempre têm um feedback muito legal!”, conta o profissional. Portanto, que tal se inspirar nessas ideias?

Atenção aos detalhes

Obra consciente: como realizar uma reforma   e manter uma boa relação com os vizinhos
Equipe do escritório Bruno Moraes Arquitetura conferindo os passos da obra | Foto: João Olivers

Apesar de parecer algo pequeno e óbvio, o fato de colocar um pano úmido na porta da frente do imóvel, também faz toda a diferença! Só esse pequeno gesto já vai evitar de sair poeira de dentro do apartamento, assim como impedir que os colaboradores sujem o hall, elevadores, ou áreas de convivência do prédio, pois conseguem limpar as botas antes de saírem. Em casos de muito quebra-quebra e demolições, outra boa ideia é isolar as frestas, assim como o ambiente em questão.

“Dessa maneira, não deixamos a poeira ir para outros espaços, seja dentro ou fora do apartamento. Um item que costumamos utilizar é um plástico ou lona bem grande, que colocamos do piso até o teto, de forma a facilitar nesse trabalho, enquanto passamos o aspirador de pó”, relata o arquiteto.

Obra consciente: como realizar uma reforma   e manter uma boa relação com os vizinhos
Obra realizada pelo escritório Bruno Moraes Arquitetura | Divulgação

Seguro de Obras

Um item importante nesses casos é a aquisição de um seguro de obras, de forma a assegurar moradores, colaboradores e vizinhos. Afinal, imprevistos ou acidentes podem acontecer! Por exemplo, imagine que o marceneiro foi instalar um móvel e furou sem querer uma tubulação de água ou esgoto? Há o risco de isso comprometer seriamente o imóvel inferior, portanto, o prejuízo pode ser enorme! Então, nada melhor do que realizar o trabalho com tranquilidade!

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui