Reciclagem de Óleo vegetal e a Tecnologia: Qual a Liga?

Cada vez mais data centers nos Estados Unidos estão adotando combustíveis à base de óleo vegetal hidrogenado (HVO), como alternativa ao diesel, para fornecer energia de reserva de acordo com o portal IT User. Seus usuários afirmam que permite reduzir em até 85% as emissões de gases de efeito estufa, sem a necessidade de substituir os geradores existentes.

Para o diretor da Ambiental Santos, Vitor Dalcin, a prática será popular em breve para todo o planeta:“ Seguindo tendências ecológicas, o uso do combustível alternativo  para data center é uma das abordagens criadas pode reduzir as emissões de gases poluentes e melhorar a sustentabilidade. A simples substituição do diesel utilizado nos geradores de backup por combustível à base de óleo vegetal hidrogenado faz com que o óleo usado ganhe ainda mais protagonismo. Mais um motivo para reciclar o óleo usado.”

Vantagens na tecnologia
A utilização deste combustível alternativo pode reduzir as emissões de partículas e enxofre na queima de combustíveis fósseis. e não requer alteração de infraestrutura, pois o óleo vegetal pode ser utilizado diretamente em geradores convencionais.

Na prática, o HVO é considerado um biodiesel sintético obtido a partir de óleos e gorduras vegetais, como óleo de soja, óleo de cozinha usado e gorduras animais em geral. Esses produtos são aquecidos com hidrogênio em alta temperatura e pressão e o resultado é um líquido com propriedades químicas semelhantes às do diesel produzido a partir do petróleo – na prática, funciona nos mesmos geradores sem problemas:

“Essa fonte de energia está convencendo cada vez mais os operadores de data centers, especialmente nos Estados Unidos, que a estão adotando gradualmente para energia de backup em suas instalações. A mais recente a fazê-lo foi a empresa Compass Data Centers, que se juntou a uma lista crescente de empresas que estão optando pela HVO. Não vai demorar muito para a prática chegar em terras brasileiras”.

Mudança na mentalidade global
A estratégia faz parte de uma mudança mais profunda que está ocorrendo no setor de tecnologia em direção à sustentabilidade,. Grandes operadoras de tecnologia já aderiram, como a Equinix, que considera seguir esse caminho em outras regiões do globo. Outras empresas interessadas nesta fonte de energia incluem a Digital Realty, Kao Data ou Ark Data Centers, que já estão realizando os primeiros testes:

“As gigantes do setor de tecnologia estão embarcando em uma transformação mais profunda de seus sistemas de energia de backup, optando por soluções potencialmente mais ecológicas. Empresas como a Microsoft querem eliminar sua dependência do óleo diesel até 2030 e o óleo vegetal será peça chave” completa Vitor.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui