Risco de Alzheimer: exame de sangue pioneiro chega a Curitiba

Recém-aprovado nos Estados Unidos, teste é indicado para pessoas com suspeita de demência e já está disponível no Frischmann Ainsengart, marca de medicina diagnóstica da Dasa em Curitiba.

alzheimers
Image by Gerd Altmann from Pixabay

Trazer mais conforto para o paciente ao realizar o teste para avaliar o risco de Alzheimer e auxiliar o médico no diagnóstico em casos de demência leve. Esses são os objetivos do exame de sangue que a Dasa, maior rede de saúde integrada do Brasil e do qual o laboratório curitibano Frischmann Ainsengart faz parte, acaba de lançar no país.

Lançado nos Estados Unidos recentemente, o exame de sangue é recomendado para pessoas com comprometimento cognitivo leve ou com suspeita de demência. Ele colabora na conduta médica e evita a realização da punção lombar para coleta do líquor, procedimento que é usado hoje para estimar os níveis das placas amiloides, que se acumulam no cérebro de quem tem a doença. Além de menos invasiva, a nova alternativa custa, em média, um terço dos testes disponíveis atualmente.

Dados do Ministério da Saúde de 2020 estimam que cerca de 1,2 milhão de brasileiros tenham Alzheimer, a maior parte deles ainda sem diagnóstico. “O exame é inédito e vem de encontro à necessidade do diagnóstico precoce, que possibilita desacelerar a progressão da doença e garante mais controle sobre os sintomas, promovendo melhor qualidade de vida ao paciente e à família.”, afirma Myrna Campagnoli, diretora médica do Frischmann Ainsengart. “A Dasa, ecossistema do qual o laboratório faz parte, tem como princípio a busca contínua por técnicas de coletas inovadoras e não invasivas que garantam mais comodidade às pessoas e contribuam para uma medicina preditiva, preventiva e personalizada”, continua.

Com alta sensibilidade analítica, o novo exame utiliza a espectrometria de massas para detectar moléculas em pequenas concentrações. No caso da doença de Alzheimer, procura identificar dois tipos da proteína beta-amiloide – a 40 e a 42 -, que é considerada o principal biomarcador da doença.

O novo teste para risco de Alzheimer já está disponível nos laboratórios de medicina diagnóstica da Dasa em todo o país. Em Curitiba, é possível encontrá-lo na Unidade Batel do Frischmann Ainsengart, que fica na R. Alferes Ângelo Sampaio, 1299. Mariana Paschoal 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui