Sustentabilidade empresarial: especialista dá dicas para tornar a empresa mais sustentável

Há quem pense que sustentabilidade dentro das empresas é coisa de grandes corporações. Engano! Pequenas ações podem contribuir, e muito, para o equilíbrio entre o suprimento das necessidades humanas e preservação dos recursos naturais no ambiente empresarial. Uma pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI) aponta que 98% das empresas do Brasil adotam, pelo menos, uma ação sustentável. Ainda, 63% delas pretendem ampliar os investimentos na área nos próximos dois anos.

A engenheira ambiental, especialista em prevenção de passivos ambientais e na eliminação de desperdícios de recursos naturais, diretora da Flos Ambiental, Clarissa Souza, explica que garantir um dia a dia sustentável dentro das empresas é essencial para preservar o ecossistema em que vivemos para as futuras gerações. Ela dá algumas dicas de trocas que trazem melhores resultados para a empresa e para o planeta.

1-         Troque fornecedores distantes por fornecedores locais:

Quanto maior for a distância entre sua empresa e seu fornecedor, maior será o consumo de combustíveis e maior será a emissão de gases de efeito estufa (GEE). Além disso, é possível selecionar fornecedores que aplicam práticas sustentáveis em sua gestão, desde a escolha de produtos até a parte logística.

2-         Troque lâmpadas tradicionais por lâmpadas led:

As lâmpadas led não contêm nenhum elemento poluente ou contaminante, tais como as lâmpadas fluorescentes. Ainda, não produzem tanto calor quanto os demais modelos, o que faz com que tenham mais durabilidade, diminuindo a quantidade de resíduos gerados.

3-         Troque a lixeira única por lixeiras de separadas, para os recicláveis:

Além do reaproveitamento do resíduo como matéria-prima de novos produtos, o que gera economia para as empresas, a reciclagem traz benefícios como redução no gasto de energia, redução dos gases de efeito estufa (GEE), diminuição do gasto com aterros sanitários e geração de empregos.

4-         Troque materiais impressos por virtuais:

A especialista lembra ainda que a impressão de materiais, tanto para o uso no dia a dia, quanto para divulgação, pode ser substituída por informações virtuais. A tecnologia anda de mãos dadas com a sustentabilidade. Hoje é possível disponibilizar dados, relatórios e informações totalmente online, o que ainda garante economia.

5-         Troque materiais plásticos por vidro ou papel:

O plástico pode demorar mais de 400 mil anos para se decompor. As embalagens de papel se decompõem muito mais rápido. As de vidro ou madeira, por sua vez, são reutilizáveis, tornando-se uma ótima alternativa quando o assunto é sustentabilidade.

Clarissa lembra que quando a empresa quer se tornar sustentável, precisa ser transparente em suas ações e levar o processo para todas as etapas da produção. “Além de estar atento às leis ambientais, é preciso que a prática da sustentabilidade seja implementada na empresa como um todo, desde a troca do copo descartável de café, preocupação com o descarte de resíduos, até o uso consciente da água e energia”, lembra. Uma pesquisa realizada pelo IBM aponta que cerca de 62% dos consumidores estão dispostos a mudar seus hábitos de consumo para reduzir o impacto ambiental. “Além de garantir hábitos mais sustentáveis, essas ações garantem também uma melhor imagem da empresa perante seus consumidores”, finaliza.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui