Dia dos Pais: Guaraná Antarctica celebra as ações típicas dos pais brasileiros

Criada pela agência Soko, campanha de Guaraná estreou em todas as plataformas digitais da marca

O Dia dos Pais chegando e Guaraná Antarctica pensando na melhor forma de fazer aquela homenagem especial. Ideia, daqui, ideia dali… E vamos falar a verdade, se toda mãe brasileira tem características bem peculiares, os pais não são diferentes, não é mesmo? Tem aquela máxima da camiseta do brinde do supermercado, que é repetida três vezes por semana; ou a piada do passado que nunca sai de moda (na cabeça deles, né)? “Ah, mas na minha época” ou “sentou na ponta, pagou a conta”. Foi pensando nessas e outras “Manias de pai”, que a campanha chegou para dar luz aos homenageados do mês.

Seja na sonequinha pós-almoço ou no jeito clássico de responder uma mensagem via WhatsApp, têm coisas que são 100% Pai BR. Com uma homenagem bem-humorada, a marca invade o churrasco de almoço dessa data tão especial e destaca as manias dos patriarcas em filmes que acompanham o dia a dia de uma família brasileira.

“Somos uma marca que está sempre atenta às características do nosso país. Guaraná Antarctica é 100% brasileira e percebemos que tem muita coisa que envolve o universo dos pais que também são. E o melhor de tudo isso, é que são detalhes que passam de pai para filho. Se você ainda não é pai, guarde essa, já, já pode ser você fazendo a piada “Quem senta na ponta, paga a conta”, conta Eric Magalhães, gerente de marketing de Guaraná Antarctica. “Foi usando esse gancho que criamos a campanha “Manias de pai” para homenagear os pais nessa data também muito brasileira”, finaliza.

A campanha, criada pela agência Soko, está disponível nas redes sociais da marca e também no canal do YouTube do Guaraná Antarctica. Confira o filme completo:

“Nosso desafio com Guaraná é buscar sempre aquela visão do brasileiro que nenhuma outra marca teria. Por isso, ao invés de buscar inspiração no que acontece na publicidade pelo mundo, a gente prefere olhar o que acontece dentro das nossas casas, nos almoços de família, naquele domingo sem nada bom na TV. É aí que as histórias verdadeiramente brasileiras acontecem.”, explica Matheus Rocha, Redator da Soko.

“O cuidado em retratar situações que todo pai, e todo brasileiro, se reconhecem, vai além do que é dito. Está naquela roupa esquecida no varal no fundo dos filmes, na camisa de brinde de mercado que todo pai adora usar e naquele filtro de barro que todo mundo já teve em casa, que aparece no cenário”, finaliza Vitor Fabu, Diretor de Arte da agência.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui