XXI Congresso Brasileiro de Sementes contempla três importantes simpósios na programação

Eventos vão reunir especialistas para debater as espécies de sementes forrageiras, a tecnologia de sementes florestais e a patologia de sementes

XXI Congresso Brasileiro de Sementes contempla três importantes   simpósios na programação O XXI Congresso Brasileiro de Sementes (CBSementes), que será realizado de 12 a 15 de setembro de 2022 na Expo Unimed, em Curitiba (PR), contempla três simpósios em sua programação: o 4o Simpósio Brasileiro de Sementes de Espécie Forrageiras, o 10o Simpósio Brasileiro de Tecnologia de Sementes Florestais e o 15o Simpósio Brasileiro de Patologia de Sementes.

Promovido pela Associação Brasileira de Tecnologia de Sementes (ABRATES), o CBSementes é o maior evento da área na América Latina e reúne um público especializado, com a participação das principais instituições e empresas do setor.

“Os simpósios são organizados pelos comitês das áreas da ABRATES e trazem conteúdo altamente técnico com temas de interesse para todas as áreas de atuação dentro da cadeia sementeira”, informou o presidente da Comissão Organizadora do CBSementes, Fernando Augusto Henning.

Patologia – O Simpósio Brasileiro de Patologia de Sementes, comandado pela Coordenadora do Comitê de Patologia de Sementes (Copasem), doutora Ellen Noly Barrocas, está dividido em três palestras, pré-lançamento de livro e mesa-redonda ao final do simpósio.

A palestra de abertura com o tema “Ganhos e desafios do tratamento biológico de sementes” será ministrada pela coordenadora do evento. “Os déficits, os avanços e ainda o que a gente precisa cobrir para reduzir o problema de doenças em sementes vão nortear a explanação”, afirma Ellen.

Uma outra palestra vai abordar a “Importância da sanidade no comércio nacional e internacional de sementes” e será ministrada por um dos representantes do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Ricardo Hilman ou José Maurício Pereira. Eles participam também de uma mesa-redonda ao final do evento sobre a sanidade de sementes. 

“A ideia é trazer informações com base na legislação que regulamenta a produção, comercialização e utilização de sementes”, explica Ellen.

Também foi convidada a pesquisadora, doutora Adriane Wendlan, da Embrapa Arroz e Feijão para ministrar a palestra “Como a sanidade de sementes impacta a Produtividade nos cultivos agrícolas no Brasil”.

“Vamos falar especificamente do feijão por ser um dos nossos produtos que mais problemas apresentam em termos de sanidade, porque há uma baixa taxa de utilização de sementes certificadas”, explica Ellen. 

Durante o simpósio será feito o pré-lançamento de um livro com os principais tópicos sobre sanidade de sementes, que está sendo escrito de forma colaborativa por 53 profissionais da área. 

Florestais – O 10o Simpósio Brasileiro de Tecnologia de Sementes Florestais visa promover o debate sobre as inovações do setor produtivo de sementes florestais, os gargalos técnicos e legais enfrentados e suas soluções.

A organizadora deste simpósio é a pesquisadora, doutora Juliana Müller Freire, que é Coordenadora do Comitê Técnico de Sementes Florestais. Ela destaca que a produção de sementes de espécies florestais com qualidade é muito importante para o cenário atual. “Há uma procura cada vez maior de sementes por setores relacionados à recuperação, reposição florestal e produção de madeira para atender às crescentes necessidades da sociedade”, afirma ela.

O evento vai debater temáticas acerca das políticas públicas, inovações tecnológicas, iniciativas sociais e tecnologia de sementes. Como palestrantes, ela afirma que haverá representantes do MAPA, do CTSF, do ISTA, de empresas e de universidades.

O primeiro painel será por videoconferência sobre o tema “Sistemas internacionais de produção e conservação de sementes nativas”. O evento contará com vários especialistas de nomes internacionais dos Estados Unidos, Hawai, Inglaterra, Austrália e Malásia. 

Quem coordena o bate-papo é o professor Danilo Urzedo, da University of Cambridge, Department of Sociology. Ainda participam deste debate a professora Simone Pedrini (Curtin University, Austrália) Marian Chau (Terraformation, Hawai), doutora Riina Jalonen (CGIAR, Malásia) e Paul Gibson-Roy (Western Sydney  University, Austrália).

A segunda mesa-redonda “O futuro das sementes nativas: Inovações Sociais e Tecnológicas” terá coordenação da pesquisadora Bárbara França Dantas, da Embrapa Semiárido.

A Legislação de sementes nativas no Brasil: da ciência à regulamentação será o tema da terceira mesa-redonda, coordenada por Eduardo Malta (ISA). 

Após os debates, haverá o lançamento do livro do Programa Arboretum. 

Forrageiras – Em sua quarta edição, o Simpósio Brasileiro de Sementes de Espécies Forrageiras traz assuntos de relevância para o seu público alvo, composto principalmente por pesquisadores, produtores, sementeiros, técnicos, professores, estudantes de graduação e pós-graduação e profissionais diversos. 

“O objetivo é promover a interação e a troca de experiência entre profissionais da pesquisa, da normatização e da fiscalização, e da produção e comercialização de sementes de forrageiras tropicais, subtropicais e temperadas do Brasil e de países do Mercosul”, explica a coordenadora do Simpósio, pesquisadora, doutora Jaqueline Verzignassi, da Embrapa Gado de Corte.  

Segundo ela, o Brasil lidera, mundialmente, a produção, o consumo e a exportação de sementes de espécies forrageiras, levando em conta apenas as tropicais, movimentando mais de R$ 2 bilhões por ano. 

O evento traz diversas palestras distribuídas em três painéis. O primeiro painel será aberto com o tema “Melhoramento para a produção de sementes de espécies forrageiras” com a participação de três palestrantes e como moderador o professor Miguel Dall’Agnol, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. 

No período da tarde serão mais dois painéis. Um deles terá como tema “Avanços na produção de sementes de espécies forrageiras”, que terá professor Manoel de Souza Maia, da Universidade Federal, de Pelotas como moderador e, o outro, vai abordar a “Legislação e conformidade legal, social e de sustentabilidade como transformação e sustentação do mercado de sementes de forrageiras”. O painel terá como moderadora Jaqueline Verzignassi. 

Serviço:

XXI Congresso Brasileiro de Sementes

Data: 12 a 15 de setembro de 2022

Local: Expo Unimed, Curitiba (PR)

Inscrições: https://www.cbsementes.com/

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui