Prazo para inscrição para o primeiro processo seletivo de 2015 da Incubadora Tecnológica do Tecpar termina di a 6

O prazo para as inscrições para o primeiro processo seletivo de 2015 da Incubadora Tecnológica do Tecpar (Intec), que oferta 45 vagas para empresas e empreendedores, termina nesta sexta-feira (6). Neste ano há três modalidades de incubação disponíveis para os empreendedores: residente, não residente e residente coworking, nova opção para aqueles que querem compartilhar a infraestrutura da incubadora.

As empresas interessadas em participar do processo seletivo da Intec devem realizar sua inscrição até o dia 6 de fevereiro, pelo site da incubadora (intec.tecpar.br/comoincubar). As propostas devem ser apresentadas por Pessoa Jurídica. É permitida, entretanto, a apresentação de propostas por Pessoa Física, desde que o empreendedor constitua uma empresa até a assinatura do contrato de incubação.

O gerente da Intec, Gilberto Passos Lima, lembra que o processo seletivo está aberto ao longo do ano e que se algum interessado não conseguir se inscrever agora pode tentar a inscrição em uma nova chamada. “A seleção tem datas pré-definidas de inscrições, mas acontece ao longo do ano”, salienta.

Há nove critérios que a empresa deve atender, entre eles a inovação tecnológica proposta e a infraestrutura em Pesquisa e Desenvolvimento (P&D). Essas informações devem estar relacionadas no Plano de Negócios entregue no momento da inscrição. As vagas são voltadas aos dois campi do Instituto de Tecnologia do Paraná em que a incubadora atua, na Cidade Industrial de Curitiba e em Jacarezinho, no Norte Pioneiro.

Novidades do processo

De acordo com o gerente da Intec, a inclusão da modalidade coworking, em que o empreendedor compartilha as instalações da incubadora, permitiu que o número de vagas abertas neste primeiro edital de 2015 aumentasse. Em Curitiba, estão disponíveis oito vagas para incubação residente, dez para a modalidade coworking e outras dez para a incubação não residente. Já em Jacarezinho há cinco vagas para residentes, seis para a opção coworking e seis para aqueles que optarem pela modalidade não residente.

Além da nova opção, empresas nascentes, aquelas que foram constituídas há no máximo dois anos, têm como vantagem neste ano o desconto de 20% na mensalidade. “Esse desconto será dado até o final do contrato, como forma da incubadora incentivar esses novos negócios”, explica Lima.

Custos

O valor mensal a ser pago pela empresa incubada depende do modelo de incubação e da etapa do processo em que a empresa se encontra. A incubada residente, por exemplo, ao usar espaços exclusivos da Intec, tem o custo mensal de R$ 60 por metro quadrado utilizado. A empresa enquadrada na modalidade coworking, por sua vez, deve pagar o valor-base de R$ 40 por período e por pessoa que utiliza o espaço. Já a incubada não residente pagará mensalmente o valor-base de R$ 1.160. Durante a implantação do empreendimento, como forma de incentivo aos negócios, a Intec oferece um desconto de 70% no valor da mensalidade.

A Intec

Fundada em 1989, a Incubadora Tecnológica do Tecpar é a primeira incubadora de base tecnológica do Paraná e a quinta do país. Considerada uma das melhores incubadoras do Brasil, tem sede em Curitiba e atuação também em Jacarezinho, no Norte Pioneiro. Tem como missão contribuir para o desenvolvimento econômico e tecnológico regional, por meio de empresas inovadoras de base tecnológica. Ao longo de seus 25 anos, a incubadora já deu suporte tecnológico a mais de 75 empresas. No momento, seis empresas passam pelo processo de incubação: EngeMOVI, HIT Tecnologia em Saúde, Instituto de Biologia Molecular do Paraná (IBMP), Grupo SaaS, 2IM Impacto Inteligência Médica e Beetech.

Fonte: imprensa

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.