Ocupação hoteleira em Foz do Iguaçu chega a 61% na época de férias escolares

A rede hoteleira da cidade de Foz do Iguaçu, no Paraná, projetou uma taxa de 61% de ocupação nas últimas férias de julho deste ano, de acordo com o levantamento realizado pelo Sindhotéis (Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares). O estudo levou em conta as reservas em hotel fazenda, hotel e resort realizadas durante o período de recesso escolar, de 10 a 25 de julho.

Segundo a pesquisa, foi possível definir o perfil das reservas e dos viajantes, evidenciando um comportamento incomum entre as categorias dos tipos de hospedagem. Os hotéis com duas, três, quatro e cinco estrelas tiveram projeção ocupação em torno de 60% a 62%. Apesar da crise econômica, os brasileiros corresponderam a 84% da ocupação de estabelecimentos de hotel e hotel fazenda, frente a outras nacionalidades.

A pesquisa de amostragem do Sindhotéis foi realizada no início de julho, com base no movimento projetado em 28 estabelecimentos turísticos. A cidade possui 176 locais de hospedagem e 27.500 leitos, de acordo com a edição de 2014 do inventário da Secretaria Municipal de Turismo de Foz do Iguaçu.

Foz poderá ser a primeira Zona Especial de Interesse Turístico do país

Por sua importância turística, no final de julho foi debatida a criação da primeira Zona Especial de Interesse Turístico do Brasil em Foz do Iguaçu, oferecendo ao município condições especiais para o desenvolvimento de diferentes áreas afins ao turismo da região. A preposição foi enviada ao Ministério do Turismo, à Embratur e à Comissão Parlamentar de Turismo da Câmara de Deputados do Paraná.

Segundo o presidente do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social de Foz do Iguaçu (Codefoz), Roni Temp, o ministro do Turismo, Henrique Alves, e o presidente da Embratur, Vinícius Lummertz, estão empenhados na concretização do projeto. “Queremos criar uma lei especial para marcar um golaço em favor da cidade. Agora o assunto segue em debate em colegiados técnicos e também em Brasília”, afirmou Temp em comunicado.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Talvez você se interesse por estes artigos

Fechar Menu