Do nordeste do Brasil para o coração da França

Arquiteto por formação e fotógrafo por paixão, Dijah Abreu transforma fotografias em verdadeiras obras de arte, carregadas de apelos sentimentais e emoções, onde a técnica tem apenas uma importância secundária. “Meu principal objetivo não é retratar cenários, seja natural ou feito pelo homem, exatamente como é apresentado a mim. Em vez disso, eu busco criar uma peça de arte como gostaria de visualizar esta mesma paisagem para convidar o observador a ‘passear’ por dentro de cada peça, imaginando como seria se estivesse nesse lugar, sentindo o calor ou frio do clima local, o vento na face”, declara o artista.
Dijah Abreu nasceu e cresceu rodeado das paisagens das salinas, dunas e praias da bela cidade de Areia Branca, no Rio Grande do Norte, o que inspirou grande parte do seu trabalho artístico. Foi com esse jeito de se inspirar e criar que o fotógrafo agenciado e representado pela galeria curitiba Move Images, chamou a atenção dos curadores do famoso Museu do Louvre, em Paris, e foi convidado para expor suas fotografias em outubro. Abaixo, alguns trabalhos do artista:
 <redacao5@aprimecomunicacao.com.br>

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.