FAON lança e-commerce de roupas e acessórios

A compra online de roupas e acessórios caiu no gosto do consumidor brasileiro. Segundo dados da E-bit, empresa referência no fornecimento de informações sobre e-commerce nacional, o segmento Moda e Acessórios assumiu a liderança das vendas online no Brasil desde 2013 e passou a representar 13,7% do volume de pedido dos consumidores adeptos das compras no comércio eletrônico. Seguindo essa tendência de mercado, a FAON Moda Feminina, acaba de inaugurar seu comércio online por meio do sitewww.faonmoda.com.br
O site é uma extensão da loja física, localizada no Shopping Palladium, em Curitiba, e vai atender consumidores de todo o país. “Temos muitas vendas para clientes que moram em outra cidade ou estado, que retornam quando têm oportunidade, mas muitas vendas não acontecem novamente devido à distância. Com a loja virtual podemos chegar até essas clientes. O varejo online está aumentando a oferta de produtos e facilitando o processo de compras a cada dia. Queremos aumentar nosso faturamento por meio deste canal de vendas também”, afirma a empresária Roberta Libardi.
 A multimarcas FAON comercializa grifes renomadas como a Lança Perfume, Oh, Boy!, Botswana, Sly e Carlota Costa, além de acessórios Mariana Dias e Dani Depi.  A loja virtual comercializa as mesmas peças da loja física. Algumas categorias de produtos como sapatos e acessórios também podem ser adquiridos pelo e-commerce da FAON com compromisso de entrega imediata dos fornecedores da loja. Segundo Roberta, a novidade fez com que a loja otimizasse seu estoque e aumentou a divulgação das marcas.
A empresária já estuda ampliar o alcance do e-commerce para aumentar a interação com as clientes, com o objetivo de melhorar a distribuição de produtos e oferecer um atendimento mais personalizado.  Para isso vai investir na plataforma para interagir mais com as consumidoras, permitindo a busca por produtos como se estivesse numa loja física com atendimento pessoal em determinados momentos do processo de compra.
Crescimento
Cerca de 40% das lojas virtuais em funcionamento iniciaram as atividades nos últimos quatro anos no País, segundo recente pesquisa realizada pelo Sebrae em parceria com o E-commerce Brasil.  Ainda de acordo com esta pesquisa, o número dessas empresas abertas em julho de 2014 foi igual ao total de empresas de 2013, mostrando um ritmo de crescimento acelerado de empreendedores que entram no mundo dos negócios virtuais.
A tendência da consolidação do varejo online como um canal de vendas no Brasil se comprova cada vez mais. Segundo o relatório de mercado da consultoria MarketLine, o varejo online continuará crescendo em duplo dígito pelo menos até 2017. Este ano, a perspectiva é de que o e-commerce cresça 15,5% faturando R$ 37,3 bilhões contra 13,9 % em 2016 e faturamento de R$ 42,4 bilhões e 12,7% em 2017 e faturamento de R$ 47,8 bilhões.
 valeria@primeiralinhacomunicacao.com.br 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.