Na Semana Nacional do Trânsito, Seguradora Líder-DPVAT lança campanha nas redes #pazeamornotrânsito

Levar os filhos ao colégio de carro, abastecer no posto de gasolina e parar na padaria para fazer um lanche são ações cotidianas, que fazem parte da rotina de muitos brasileiros. Mas imagina fazer todas essas tarefas e usar, no lugar do carro, um tanque de guerra? No dia 17 de setembro de 2015, os curitibanos viram essa cena nas ruas da cidade e ficaram impressionados. Não sabiam que a ação fazia parte de uma campanha de marketing viral nas redes sociais, que acaba de ser lançada pela Seguradora Líder-DPVAT. O objetivo foi gerar questionamentos e compartilhamentos do vídeo entre os usuários da Internet, criando interesse para a temática da segurança do trânsito de uma forma inovadora. Assinada pela agência Master Comunicação, a iniciativa faz parte da campanha da Semana Nacional de Trânsito, que acontece entre os dias 18 e 25 de setembro.
 O tanque, uma réplica especialmente construída para essa situação, simboliza a guerra que vivemos no trânsito, que causa milhares de mortes. Só no primeiro semestre de 2015, a Seguradora Líder-DPVAT pagou mais de 344 mil indenizações para vítimas de acidentes no trânsito, a maioria delas para pessoas que ficaram com algum tipo de invalidez permanente. Tudo foi documentado e está disponível também no blog viverseguronotransito.com.br. O vídeos já tem mais de 250 mil visualizações.
Para o diretor-presidente da Seguradora Líder-DPVAT, Ricardo Xavier, a campanha foi elaborada para provocar uma reflexão na sociedade, principalmente nos jovens, maior público das redes sociais e a faixa etária que mais se envolve em acidentes. “Teremos mais paz no trânsito quando as pessoas se conscientizarem da importância de respeitar as leis de trânsito, de não ingerir bebida alcóolica antes de dirigir, de respeitar o pedestre, o ciclista, o motociclista, lembrando sempre que a preferência é pela vida. Por isso, fizemos esta campanha para aguçar a curiosidade das pessoas para uma questão muito séria. E a receptividade tem sido muito boa na Internet”, analisa Xavier. 
“Realizamos diversas ações de prevenção a acidentes de trânsito durante o ano, mas na Semana Nacional do Trânsito procuramos fazer este alerta de uma forma inusitada para que as pessoas reflitam sobre a atitude de cada um no trânsito”, explica Marcelo Romaniewicz, vice-presidente da Master. O diretor de criação, Felippe Motta, complementa “mostramos o que poderia acontecer se levássemos ao pé da letra a escalada de agressividade do trânsito. Nossa intenção é fazer um alerta, mostrando que se todo mundo resolver fazer guerra, nós nunca teremos paz”.    (andre@nqm.com.br)

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.