Rio Branco do Sul abriga a maior fábrica de cimentos da América Latina

A fábrica da Votorantim Cimentos, localizada em Rio Branco do Sul, a 32 quilômetros de Curitiba, está completando 65 anos. Considerada a maior fábrica de cimento da América Latina, a unidade ocupa uma área de 180 mil metros quadrados, sendo referência no país, com investimentos constantes em inovação e gestão operacional.
A unidade possui a mais eficiente tecnologia de controle ambiental e os fornos utilizam filtros que obedecem às mais exigentes legislações ambientais internacionais. Referência nacional na técnica do coprocessamento de resíduos industriais, principalmente pneus, Rio Branco do Sul foi a primeira fábrica de cimento do Brasil a implantar a prática, em 1992.
Atualmente, toneladas de pneus e outros resíduos industriais se transformam em energia utilizada pela própria fábrica para alimentar os fornos de cimento, substituindo uma fonte de combustível mineral, o coque de petróleo. Além disso, a fábrica conta com uma unidade fabril em Itaperuçu (PR) e duas minerações de grande porte, localizadas também em Rio Branco do Sul: mina Saivá, ligada à matriz por uma correia transportadora com 2,6 km de extensão, e a mina Itaretama, que transporta o calcário para a fábrica através de um teleférico com 14 km de extensão, um dos poucos em operação industrial no país.
Desenvolvimento sustentável
Desde a década de 50, quando a fábrica da Votorantim Cimentos foi instalada, tornou-se referência na vida dos riobranquenses. “A Unidade de Rio Branco do Sul contribui com o desenvolvimento da cidade, além da geração de emprego e arrecadação tributária, a fábrica investe em muitos projetos socioambientais que contribuem para o desenvolvimento sustentável de Rio Branco do Sul”, conta Mário Fontoura, diretor da Regional Sul da empresa.
Na fábrica de Rio Branco do Sul, são gerados 720 empregos diretos e 300 terceiros diretos. Segundo Mário Fontoura, 95% dos colaboradores vivem na região de Rio Branco do Sul. “Temos qualidade de vida e investimos no desenvolvimento dos nossos funcionários, muitos cresceram e assumiram posições de destaques em outras fábricas da Votorantim Cimentos”, explica Fontoura.
Um dos relevantes projetos apoiados pela Votorantim Cimentos recentemente é a Central de Distribuição de Alimentos do Vale do Ribeira, que atende as cidades de Itaperuçu e Rio Branco do Sul. Cerca de 300 pessoas dos dois municípios já estão sendo beneficiadas por meio do processamento da produção desde a triagem, lavagem até o corte e a embalagem de frutas, verduras e legumes.
Desde 2012, a Central de Distribuição recebe o apoio do Programa ReDes, projeto da Votorantim Cimentos e Instituto Votorantim. O incentivo ao comércio de produtos da agricultura familiar é uma forma de criar novas oportunidades de aumento da renda, além de contribuir com a profissionalização do produtor rural.
Outro projeto que vem beneficiando Rio Branco do Sul é o Crê-Ser, que atende 80 adolescentes e jovens das escolas estaduais Maria da Luz Furquim e José Pioli, de Rio Branco do Sul e Itaperuçu, com atividades que visam o desenvolvimento pessoal e profissional no contra turno escolar.
Os jovens do Ensino Médio que integram o Crê-Ser participam de atividades como cursos de autogestão pessoal, noções básicas de administração e de informática e até dicas de como montar um currículo e como se comportar na primeira entrevista de emprego. Os encontros são realizados uma vez por semana e incluem ainda visitas técnicas e atividades culturais. O projeto é realizado pela Associação Gente de Bem, com apoio da Votorantim Cimentos.
Sobre a Votorantim Cimentos
Presente no negócio de materiais de construção (cimento, concreto, agregados e argamassas) desde 1933, a Votorantim Cimentos é uma das maiores empresas globais do setor, com capacidade produtiva de 48,6 milhões de toneladas de cimento/ano. A Votorantim Cimentos possui unidades estrategicamente localizadas próximas aos mais importantes mercados consumidores em crescimento e está presente em 13 países, além do Brasil: Argentina, Bolívia, Canadá, Chile, China, Espanha, Estados Unidos, Índia, Marrocos, Peru, Tunísia, Turquia e Uruguai. (andre@nqm.com.br)


Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.