Tecpar amplia parceria com empresa russa Biocad

O Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) e a empresa russa Biocad, parceira do instituto na produção de um medicamento para câncer, assinaram, em Moscou, um memorando de entendimento para definirem conjuntamente um plano de ações para a execução do atual e dos novos projetos entre as instituições.
O diretor-presidente do Tecpar, Júlio C. Felix, participou, ao longo da semana, do Fórum Empresarial Brasil-Rússia, que contou com a presença do vice-presidente da República, Michel Temer, e da vice-governadora do Paraná, Cida Borghetti. Na ocasião, Felix apresentou a empresários e representantes de órgãos governamentais russos as perspectivas, desafios e oportunidades no mercado brasileiro de fármacos.
Além da apresentação, o diretor-presidente se reuniu com representantes da Biocad para assinar um memorando de entendimento sobre a produção conjunta entre as duas empresas. Hoje, as instituições já desenvolvem, por meio de uma Parceria para o Desenvolvimento Produtivo (PDP), o projeto do oncológico Bevacizumabe, usado para o tratamento de diversos tipos de câncer e degeneração macular. A produção do medicamento será feita em Maringá.
Além do Bevacizumabe, o Tecpar concorre, em um projeto conjunto com a Biocad, para se tornar o fornecedor oficial ao Ministério da Saúde dos medicamentos biológicos Infliximabe e Adalimumabe, usados para tratamento de artrite reumatoide, psoríase e outras doenças crônicas.
O diretor-presidente do Tecpar ressaltou que a assinatura do memorando vai fortalecer a relação institucional entre as duas empresas. “O novo memorando de entendimento fortalecerá a plataforma tecnológica que está sendo transferida para Maringá, trazendo benefícios para o Sistema Único de Saúde brasileiro, para o sistema do Paraná e, sem dúvida, para o crescimento tecnológico e científico da cidade”, ressaltou.
A vice-governadora classificou o acordo entre o Tecpar e a Biocad como fundamental para que o Brasil desenvolva a nova tecnologia na área da saúde. “A Biocad é uma grande parceira russa dos brasileiros para a transferência de conhecimento e tecnologia para a fabricação de remédios biológicos para o tratamento do câncer. O Paraná vai abastecer o país com um medicamento de última geração”, salientou Cida Borghetti.
De acordo com o presidente da Biocad Brasil, David Zylbergeld Neto, o novo acordo vai tornar mais sólida a relação da empresa com o Governo do Paraná. “A assinatura do memorando de entendimento nada mais é que uma continuidade dessa relação, que já começou a existir há cerca de três anos, e que nós pretendemos que tenha um prazo de validade indefinido”, comemorou o executivo.(imprensa@tecpar.br)

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.