Veranicos à parte, clima curitibano valoriza lazer indoor

A inconstância do clima curitibano, com suas variações durante todo o ano, faz com que opções de lazer indoor ganhem cada vez mais destaque no mercado imobiliário de Curitiba. Nos projetos, ganhou força a busca pela criação de espaços de lazer e esportivos que possam efetivamente ser utilizados em todas as estações. 
 
A construtora Partilha, especializada em imóveis de alto padrão, investe no conceito de lazer em áreas indoor. Seus mais recentes lançamentos possuem grande oferta de opções cobertas, com diferenciais como quadras poliesportivas que, sem exageros, podem ser comparadas a pequenos arenas, integralmente protegidos do tempo.
 
“Curitiba tem como característica a grande variação de temperatura dentro de um mesmo dia. E, também, um alto índice pluviométrico”, conta o superintendente executivo Carlos Kruk. “As crianças – e os adultos – precisam de espaços para se exercitar e se socializar. Ir para clubes com frequência é privilégio para poucos. Principalmente, pelo tempo curto que as pessoas dispõem. O fato do La Place oferecer tantas possibilidades, a qualquer momento, com total segurança, é um diferencial muito significativo na decisão de compra das pessoas”.
 
Esta tendência nas obras da Partilha começou em 2010, com o lançamento do Jardins do Soho. Com três torres que somam 45 apartamentos, aquele lançamento teve 80% das unidades vendidas em 45 dias, e 100% em pouco mais de 90 dias. Um dos pontos de grande interesse foi justamente a estrutura de lazer indoor, com piscina aquecida e um inédito ginásio de esportes, ambos cobertos.
 
“Nossa preocupação quando desenvolvemos empreendimentos é criar diferenciais que efetivamente agreguem valor ao nosso cliente. Temos nos preocupado muito em não criar espaços ‘marketizados’, concebidos apenas para carregar um conceito ou nome novo e que, ao nosso entender, não se configuram em áreas efetivamente utilizadas, ou que tragam benefício concreto. Desta forma, investimos também nas áreas de lazer”, explica Kruk. “Diante das intempéries do clima de Curitiba, é impossível pensar em oferta de espaços de lazer nesta cidade sem a opção indoor. Pelo menos se a intenção for criar um benefício que possa ser utilizado o ano todo”. 
 
Assim como no Jardins do Soho, onde a ideia de ginásio para empreendimentos residenciais foi pioneiro, a quadra do La Place é toda coberta, sendo na verdade, um ginásio de esportes. Conta com iluminação artificial e natural, ventilação natural, arquibancadas, equipamentos esportivos para a prática de diversos esportes – basquete, vôlei, futebol de salão. O piso é em madeira, indicado como o revestimento mais adequado ao uso. Está localizada na área posterior do terreno, podendo ser acessada pela circulação social ou pela circulação das garagens.
 
Conta ainda com vestiário exclusivo feminino e masculino e é integrada a um deck externo que permite uma agradável ambientação, além do acompanhamento de pais e amigos que queiram assistir os jogos, e desejam ficar em área externa. Os painéis decorativos são ilustrados por atletas que trazem inspiração aos jogadores – há uma grande foto do medalhista olímpico Emanoel, por exemplo, autografada pelo próprio. Fechando o pacote, há uma pequena arquibancada, para até 40 pessoas. “Não é exagero chamar o espaço de pequeno ginásio”, conclui o superintendente executivo.
<pauta@fccomunicacao.com.br>

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.