Ciclo das commodities é tema de conferência no 3º Fórum de Agricultura da América do Sul

A queda dos preços das commodities agrícolas traz inúmeros questionamentos sobre os impactos na economia dos países sul-americanos, que tem o agronegócio como um dos principais pilares de sustentação, e os caminhos para superar o momento desfavorável. Para debater as questões, o 3º Fórum de Agricultura da América do Sul (Agricultural Outlook Forum 2015), que será realizado em Curitiba (PR), nos dias 12 e 13 de novembro, apresenta uma conferência dedicada exclusivamente ao assunto e os seus desdobramentos.
Com o tema “Ciclo de Commodities impõe nova ordem de investimentos”, o debate vai discutir logística, políticas públicas, investimento, exportação e produção, após o fim do ciclo de alta dos preços internacionais, o chamado superciclo das commodities, que começou na década 1970 e encobriu uma série de problemas e ineficiências estruturais dos países da América do Sul.
Os impactos da nova fase já são sentidos na balança econômica dos países. De acordo com declarações de Armando Monteiro, ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, o Brasil apresentou uma perda de US$ 12 bilhões, neste ano, em receitas de exportação com a queda dos preços das commodities e a situação pode se agravar ainda mais.
Para Giovani Ferreira, coordenador do evento e do Núcleo de Agronegócio da Gazeta do Povo, “durante o ciclo de baixa das commodities agrícolas é necessário se ajustar a um crescimento de produção com ritmo sustentável”. Ainda segundo o coordenador, a ideia do debate é orientar e discutir junto ao mercado novas soluções para o período.
A conferência, programada para a manhã do segundo dia do evento, contará com a participação do especialista Alvaro Ancêde, brasileiro operador da Bolsa de Chicago nos Estados Unidos, e fundador do The Laifa Group, que atende clientes do Brasil e dos EUA, além de Guillermo Rossi, diretor de Informação e Estudos Econômicos da Bolsa de Comercio de Rosário, na Argentina.
Inscrições:
O evento já está com as inscrições abertas para a edição deste ano, que terá como fio condutor dos debates o tema “Sociedade Urbana, Economia Rural”. Os interessados devem acessar o site oficial do fórum (agrooutlook.com.br). O pacote completo inclui entrada para os dois dias, dois almoços, um jantar e coffee breaks.
Serviço
3° Fórum de Agricultura da América do Sul – Agricultural Outlook Forum 2015
Data:
 12 e 13 de novembro de 2015
Local: Museu Oscar Niemeyer – Curitiba (PR) – Brasil
Mais informações: agrooutlook.com.br 
Sobre o Fórum de Agricultura da América do Sul
O 3º Fórum de Agricultura da América do Sul (Agricultural Outlook Forum 2015) é uma realização do Agronegócio Gazeta do Povo (AgroGP), plataforma de conteúdo do Grupo Paranaense de Comunicação (GRPCom), sediado em Curitiba, no Paraná, Região Sul do Brasil. Focado em soluções de mídia e comunicação para a promoção do setor, da América do Sul à América do Norte, Ásia, África e Europa, o AgroGP se apresenta como como um dos elos da cadeia produtiva do agronegócio, essencial ao desenvolvimento sustentável e ordenado da atividade. 
O projeto piloto do Fórum foi realizado em 2013, fruto de uma aliança estratégica entre o AgroGP e o Conselho Agropecuário do Sul (CAS) – conselho de ministros que reúne os ministérios da Agricultura de seis países: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Paraguai e Uruguai. A 1ª edição do evento levou para Foz do Iguaçu mais de 500 participantes e 30 palestrantes de dez países para discutir os desafios e oportunidade do novo ciclo de expansão da produção mundial de grãos.
Em 2014, a partir do tema “Inovação e Sustentabilidade no Campo”, os debates passaram a discutir a América do Sul enquanto bloco, apontando caminhos para manter a competitividade em um mundo globalizado e fortalecer o posicionamento da região como o grande player do lado da oferta.
pauta@centrodecomunicacao.com.br>

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.