Oito alimentos para melhorar seu ânimo

Para aqueles dias que nos sentimos um pouco cansados existem uma grande variedade de alimentos que podem ajudar a levantar o seu ânimo. Não servem como remédios para tratar doenças que provocam tristeza como a depressão, mas sim são grandes aliados na hora de abrir um sorriso em nossas caras. 
Investigadores da Universidade de Warwick e de Dartmouth College estudaram o papel da comida como catalisador do bem-estar do ser humano além do aspecto físico. O estudo revelou que um mínimo de 5 a 8 porções ao dia de determinados alimentos melhoravam visivelmente o bem-estar psicológico de cada pessoa, já que ajudavam a elevar os níveis de endorfina e serotonina.
Listamos os alimentos que podem ser consumidos de maneira diária para manter seu bom humor:
·         Banana: além de ser fácil de comer e transportar contém muita fibra, magnésio e um aminoácido chamado triptófano, precursor do neurotransmissor serotonina, da melatonina e da vitamina B3. Cereais integrais (pão, arroz, massa): estes alimentos estimulam a secreção da insulina, um hormônio que aumenta a disposição do triptófano para formar a serotonina.
·         Sementes e outros frutos secos: contém altos níveis de triptófano, ajudando o corpo a produzir suas próprias proteínas.
·         Salmão: este pescado contêm altos níveis de ácidos graxos Omega 3, essenciais para a sínteses de serotonina.
·         Abacaxi: rico em minerais, vitaminas e compostos ativos que estimulam a produção de serotonina, gerando vitalidade.
·         Chocolate amargo: ao contrário do que se pensa, o chocolate amargo contêm altos níveis de triptófano. 
·         Pão integral: ao consumir antes de comer carnes, pescado ou queijo o pão consegue auxiliar seu corpo a aumentar a concentração de serotonina, facilitando a chegada do hormônio triptófano ao cérebro.
·         Pimenta: contêm uma substância chamada capsaicina responsável por estimular as terminações nervosas da sua boca ao mesmo tempo em que ajuda o seu cérebro a produzir endorfina. É bom, mas não em excesso.
·         Endorfinas: segundo a Universidade Nacional Autônoma do México (UNAM) as endorfinas são substâncias produzidas pelo próprio organismo. São químicos corporais que produzem uma forte analgesia, estimulando os centros de prazer do cérebro e criando situações satisfatórias que favorecem e diminuem o mal estar.
·         Serotonina: ainda segundo a UNAM a serotonina é fundamental para a modulação da conduta social, as emoções e uma grande quantidade de funções fisiológicas. A função do sistema serotonérgico se conservou ao longo da escala evolutiva e, no geral, números pequenos de neurônios chegam praticamente a todo sistema nervoso.
<mcarrocera@a-c.mx>

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.