Nasi Goreng é um prato que faz história no Brasiléa Café

Executar alterações periódicas nos cardápios, principalmente com as mudanças das estações, faz parte das estratégias dos restaurantes para conquistar e, principalmente, fidelizar sua clientela. Mas quando um prato é campeão de pedidos e elogios após quase três anos, tirar do menu está fora de cogitação. É o caso do Nasi Goreng, especialidade da cozinha indonésia e um dos carros-chefes do Brasiléa Café. Preparado com frango, camarões, legumes e arroz frito, o prato é levemente picante e harmoniza temperos pouco usados no Brasil, como kecap manis, um tipo de shoyo doce, além do shoyu tradicional e sambal oelek, um molho de pimenta indonésio.

O Nasi Goreng é preparado numa wok e agrada em cheio quem gosta de pratos picantes, mas sem exageros. “Esse foi um dos primeiros pratos que decidimos colocar no cardápio e agora, perto de completar três anos, nunca cogitamos tirá-lo”, diz o chef Fábio Menezes. Além da tríade de temperos asiáticos, que equilibra o kecap manis, shoyu e sambal oelek, o prato é finalizado com uma finíssima omelete em tiras. A especialidade, que custa R$ 29,90, é servida todas as terças-feiras no almoço e harmoniza perfeitamente com cervejas como a Brooklyn East India ou a Brooklyn Lager (R$15,90), Coruja Extra Viva (R$ 33,50) e Brewdog Punk IPA (R$ 22,50).

Receita do chef Fábio Menezes traz equilíbrio entre três temperos asiáticos
Receita do chef Fábio Menezes traz equilíbrio entre três temperos asiáticos

Receita do Nasi Goreng do Brasiléa
Receita do Chef Fábio Menezes do Brasiléa Café

Ingredientes:
500g arroz pronto
1 cebola cortada em julliene
1 dente alho picado
1 pimenta dedo de moça picada
1 colher kecap manis
2 colheres shoyu tradicional
1 colher chá gengibre picado
1 cenoura em cubos
300g peito de frango cortado em cubos
1 xícara de ervilhas frescas
1 tomate cortado em cubos
2 ovos
200g camarões descascados
3 colheres de óleo de amendoim
moyashi
cebolinha picada

Modo de preparo
Na wok acrescente óleo e refogue o frango temperado com sal e limão. Reserve.
Na mesma wok acrescente o óleo de amendoim e refogue o alho, gengibre, cebola e pimenta. Acrescente o camarão e após 1minuto já estarão cozidos.
Acrescente a cenoura, ervilhas, frango e o arroz.
Mexer até que os ingredientes se misturem.
Acrescente o molho kecap manis e o shoyu. Mexer até o arroz adquirir coloração dourada. Acertar o sal (deve ficar com sabor levemente adocicado). Acrescente o tomate, moyashi, cebolinha e amendoim.
Finalize com tiras de omelete.
Para a Omelete:
Bata os ovos e numa frigideira untada frite uma omelete. Corte em tirar finas.
Servir o arroz decorado com a omelete em cima.

Sobre o Brasiléa Café
Inaugurado há quase três anos em Curitiba, o Brasiléa Café aposta no conceito de cozinha multicultural. A casa está instalada na região do Alto da Glória e oferece pratos que mesclam brasilidade e as tendências da gastronomia internacional. A novidade é que o restaurante começou a atender também no jantar, para brindar a chegada das noites mais quentes, típicas da primavera. Cardápio descomplicado e de preparações artesanais, ambiente acolhedor, cervejas especiais e cafés preparados com grãos selecionados são os pontos altos da casa, que tem à frente o casal Melissa e Fábio Menezes, ela Barista e ele Chef responsável pela cozinha.

Serviço:
Brasiléa Café
Rua Augusto Severo, 300 (esquina com Rua Dr Goulin, 200), Alto da Glória – Curitiba (PR)
Telefone: (41) 3359-2000
Site: www.brasilea.com.br
https://www.facebook.com/brasileacafe
Dias e horários de funcionamento: de segunda, terça e quarta, das 10h30 às 17h00; quarta, quinta e sexta das 10h30 às 14h45 e das 19h à meia noite. Sábado das 12h às 17h. Formas de pagamento: todos os cartões de débito e crédito, Visa Vale (refeição), Ticket (refeição) e Sodexo. Tem estacionamento próprio.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.