Dia de Conscientização sobre a Saúde do Prematuro será comemorado em 17 de novembro no Paraná

No próximo dia 17 de novembro, o Paraná comemora pela primeira vez o Dia de Conscientização sobre a Saúde do Prematuro. A data foi instituída este ano, pela Lei 18462 que entrou em vigor no dia 27 de abril, com apoio da Sociedade Paranaense de Pediatria e apresentada pelo deputado Ney Leprevost. Para a idealizadora do projeto, a médica pediatra neonatologista Gislayne Castro e Souza de Nieto, embora os avanços tecnológicos e científicos recentes tenham aumentado as chances de sobrevida dos prematuros, o acompanhamento adequado dos bebês após a alta da UTI e o trabalho de prevenção da prematuridade ainda precisam ser intensificados. “Hoje as crianças sobrevivem mais e têm uma boa evolução de desenvolvimento com menos sequelas. Mas a prematuridade continua sendo um fator de risco para problemas neurológicos, alterações de crescimento, dificuldade de ganho de peso, entre outras. Por isso, devemos trabalhar a conscientização”, explica a pediatra, que é chefe médica da UTI neonatal do Hospital e Maternidade Santa Brígida e presidente do departamento de neonatologia da Sociedade Paranaense de Pediatria. Segundo a pesquisa “Prematuridade e suas possíveis causas”, realizada pela Universidade Federal de Pelotas, com o apoio do Unicef e do Ministério da Saúde, 11,7% dos bebês nascidos no Brasil são prematuros.
Sobrevida com qualidade
De acordo com a Dra. Gislayne, entre os recursos disponíveis atualmente para melhorar a qualidade de vida dos pacientes da UTI neonatal estão: o uso de sulfactante por administração pulmonar (para melhorar a capacidade respiratória do bebê), avanços para a nutrição adequada à idade da criança, controle mais efetivo de infecções e estratégias para diminuição da retinopatia da prematuridade (patologia que afeta o desenvolvimento da visão).
Programação para a data
Entre as ações de conscientização, o Hospital e Maternidade Santa Brígida realizará, no dia 18 de novembro, um chá para as mães e palestras com profissionais de saúde sobre os cuidados com os bebês prematuros e a prevenção para os fatores de risco da prematuridade. A programação também inclui uma exposição de fotografias de bebês que nasceram prematuros no Santa Brígida e hoje vivem com saúde.
literallink

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.