Diagnóstico precoce do câncer infantojuvenil significa mais de 70% de chances de cura

A incidência de casos de câncer infantojuvenil é hoje uma das principais causas de morte na faixa etária de 0 a 19 anos no Brasil. Dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA) estimam de 4.700 a 19.000 novos casos por ano, porém apenas 3.040 são registrados. Apenas em 2012 surgiram cerca de 11.530 novos casos. Entretanto, a observação de alguns sintomas e a procura imediata de um especialista pode contribuir para o diagnóstico precoce, aumentando as chances de cura.
De acordo com a Médica Cancerologista Infantil, do Ambulatório Menino Jesus de Praga da APACN, Dra. Ana Luiza Rodrigues Fabro de Melo, quanto mais tempo se leva para iniciar o tratamento, mais o organismo fica vulnerável a complicações. “Neoplasias com muito tempo de evolução apresentam complicações que podem ser irreversíveis. Quando o diagnóstico é feito em tempo, mais de 70% das crianças com câncer são curadas”, afirma.
Alguns sinais podem ajudar a identificar que algo não vai bem com a criança. Ainda de acordo com a médica, palidez, aumento do volume das ínguas (gânglios), dores ósseas de grande intensidade, mancha branca na menina dos olhos, além de manchas roxas pelo corpo e sangramento nasal podem ser indicadores da doença. O surgimento de qualquer um deles deve ser levado em consideração e avaliado por um médico especialista, para confirmar o diagnóstico e iniciar o tratamento o mais breve possível.
DNCCI
O Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantojuvenil é no dia 23 de novembro, e a  APACN realiza pelo décimo primeiro ano consecutivo, uma programação com ações de 19 à 25 de novembro.
Linha do Tempo
É latente a preocupação em conscientizar as pessoas sobre a importância do diagnóstico precoce, através da observação dos primeiros sinais e sintomas da doença. Por isso há anos  a APACN procurou alguns representantes políticos locais, para levar à Brasília o pedido para criação de uma lei, para instituir uma data oficial ao Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantojuvenil (DNCCI). No dia 4 de abril de 2008, o então Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, promulgou a Lei 11.650 instituindo o dia 23 de Novembro para celebrar o DNCCI.
Padrinho da Edição 2015
O ator Petrônio Gontijo, que atualmente interpreta o personagem Arão, irmão de Moisés na novela Os Dez Mandamentos, uma superprodução da Rede Record, aceitou o convite da voluntária e Presidente da APACN, Mariza Del Claro, para ser o Padrinho desta edição.
A sua chegada está prevista para o dia 25 de novembro. Petrônio Gontijo virá voluntariamente para ser o Mestre de Cerimônias no jantar alusivo que acontece na mesma data a partir das 20 horas, no Salão Azul do Clube Curitibano.
Além da programação que conta com a realização de uma missa no Santuário Nossa Senhora de Guadalupe e do jantar no Clube Curitibano, no período da campanha acontece algumas intervenções urbanas, mostrando alguns sinais da doença, em locais públicos de expressiva visibilidade e circulação, para impactar a população, como por exemplo, parques, praças ou  pontos turísticos.
A instituição conta com a adesão das pessoas para participar do jantar, adquirindo convites para geração de fundos, para custeio das despesas pontuais, necessárias ao atendimento de qualidade aos pacientes e suas famílias, durante o tratamento do câncer em Curitiba.  
Programação:
ü MISSA
Dia 19 de novembro (quinta-feira)
Às 12 horas
No Santuário Nossa Senhora de Guadalupe
Praça Senador Correia, 128 – Centro Curitiba PR
Aberto ao público
Transmissão vivo
ü INTERVENÇÕES URBANAS
Dia 21 de novembro (sábado)
10 às 14 horas
Na Rua das Flores/Boca Maldita (continuação da Rua XV de Novembro, entre a R Ébano Pereira e a Praça Osório, chamada de Av. Luiz Xavier).
Ação para alertar sobre um dos sinais da doença: Aumento da barriga. Voluntários da instituição convidarão as pessoas para medirem a cintura com uma fita métrica. Após, explicam e entregam uma cartilha ilustrativa dos primeiros sintomas da doença.
Dia 22 de novembro (domingo)
10 às 16 horas
No Passeio Público (localizado entre as ruas Carlos Cavalcanti, Avenidas João Gualberto e Presidente Faria).
Ação para alertar sobre um dos sinais da doença: Pintinhas na pele. Voluntários da instituição colam adesivos nos bancos do parque, em forma de bolinha com a mensagem da campanha.
16 a 29 de novembro
Outdoors em determinados pontos de Curitiba
Chamada: “Conheça os sintomas e ajude a APACN nessa luta. Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantojuvenil. www.apacn.com.br
ü JANTAR BENEFICENTE
Dia 25 de novembro (quarta-feira)
Às 20 horas
No Clube Curitibano (Salão Azul)
Av. Getúlio Vargas, 2857, Água Verde Curitiba PR
Atraçôes: Banda Delorean e DJ Marcelo Neves
Surpresas: Sorteios de presentes especiais
Valor do convite: R$ 120 (inclui água e refrigerante)
Traje: Passeio completo
Crianças até 10 anos não pagam.
Compra de convites:
Na APACN:
De segunda à sexta – 8h30 às 11h30 das 13h às 17h
Rua Oscar Schrappe Sênior, 250 Tarumã
Falar com Priscila – Secretaria 
Sábados, domingos e feriados
Recepção da Casa de Apoio
Falar com a Coordenadora
Entregas de convites:
Com prévio agendamento
Pagamentos com cheque, dinheiro ou cartão (débito ou crédito).
Sobre a APACN:
Fundada por um grupo de médicos e de pais de filhos com câncer, que não fecharam os olhos diante da difícil realidade que outros pacientes também enfrentavam. Estes não conseguiam prosseguir com o tratamento em Curitiba, por conta da carência financeira. Surgiu então, em 1983, a primeira Casa de Apoio do Brasil para crianças carentes com câncer: a APACN (Associação Paranaense de Apoio à Criança com Neoplasia). A instituição já recebeu o “Prêmio Bem Eficiente”, é considerada de utilidade pública federal, estadual e municipal. A APACN conta com três unidades: o Ambulatório Menino Jesus de Praga, para atendimento ambulatorial de crianças e adolescentes de Curitiba e Região Metropolitana encaminhadas pelo HC (convênio da APACN com o Hospital de Clínicas da UFPr); Unidade Casa de Apoio para atendimento de pacientes (crianças e adolescentes) e seus acompanhantes, oriundos de todo o país e o  CEGEMPAC (Centro de Genética Molecular e Pesquisa de Câncer em Crianças) onde foram realizadas várias pesquisas que contribuíram e ainda contribuem para o desenvolvimento e melhoria na área de Oncologia Pediátrica.
Serviço:
Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantojuvenil – DNCCI 11 Anos
16 à 29 de novembro de 2015
Informações: (41) 3024 7475 | apacn.com.br | facebook.com/APACNParana
comunicacao@apacn.org.br

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.