Aprovada no Senado, ampliação de licença paternidade é discutida no YouTube

Na quarta-feira (3), o Senado Federal aprovou o projeto que institui o marco legal da primeira infância, que, entre outros pontos, permite que as empresas ampliem de cinco para 20 dias a duração da licença-paternidade. O projeto já foi aprovado pela Câmara dos Deputados e, para entrar em vigor, depende de sanção da presidente Dilma Rousseff.

O texto estabelece que a licença paternidade pode ter mais 15 dias, além dos cinco já estabelecidos por lei, para os funcionários das empresas que fazem parte do Programa Empresa Cidadã. A prorrogação da licença também valerá para os empregados que adotarem crianças. Com base nisso, abre-se a discussão: Os pais “ajudam” a criar os filhos? “Às vezes mulheres não acreditam muito na capacidade do pai de cuidar da criança. Mas existe uma razão para isso. Por vezes, nós pais ou somos permissivos ou autoritários demais com os filhos. Estamos aprendendo a medida certa”, analisa o jornalista Angelo Binder, do canal do Youtube Fraldário Masculino, que discute a paternidade.

 

Confira o vídeo: https://youtu.be/jeX1JpB4BW4

 

O jornalista considera a participação do pai nos primeiros dias de vida criança como fundamental para o vínculo emocional com o bebê. “O pai precisa se sentir participante do processo, especialmente na troca de opinião e conhecer as principais necessidades da criança recém-nascida”, destaca.

Além da licença paternidade, o texto aprovado pelo Senado trata de políticas públicas voltadas à primeira infância, que abrange as crianças de até seis anos de idade. O projeto estabelece que as gestantes têm de receber apoio da União dos estados e dos municípios durante todo o período da gravidez.

O texto diz ainda que famílias devem receber orientação e formação sobre maternidade e paternidade responsável, alimentação saudável, prevenção de acidentes, entre outros.

“É importante esse período estendido de licença porque diversas razões o pai pode precisar ficar sozinho com a criança. É necessário se virar sozinho”, lembra o editor Luiz Fernando Riesemberg, do Fraldário Masculino.https://youtu.be/jeX1JpB4BW4

 

Sobre o Fraldário Masculino

O Fraldário Masculino, um canal no Youtube com dicas, entrevistas e aventuras dos dia a dia de um pai. Criado 2015 pelos jornalistas paranaenses Angelo Binder e Luiz Fernando Riesemberg, o canal trata de temas como gravidez, vida escolar, educação, diversão e viagens https://www.facebook.com/fraldariomasculino/?fref=ts

<angelobinder@gmail.com>

3e2b2f5b-7edb-474a-90f4-580a9e6de58b

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.