Um espaço dedicado às linguagens artísticas

Instituição de ensino de Curitiba cria projeto que envolve oficinas de Literatura, Artes Visuais e Música

O Colégio Medianeira lança a Escola de Arte, opção de aula para alunos vivenciarem múltiplas linguagens. Desenvolvido para criar interação entre as diversas linguagens artísticas, o projeto – pensado para alunos do 1º e 2º ano do Ensino Fundamental – é dividido em três núcleos: “Som, movimento”, “Pinta e borda” e “Faz de conta”.

As atividades são realizadas de segunda a sexta-feira e cada dia da semana é dedicado a uma oficina diferente. O trabalho faz parte do projeto de aprendizagem integral do colégio, permitindo ao aluno trabalhar todas as dimensões do conhecimento, interligando o aprendizado em todas as disciplinas.

De acordo com o professor de Violão do Medianeira, Lucas Ferron, ao trabalhar com várias linguagens, o estudante desenvolve suas múltiplas inteligências. “No caso das crianças, estimular os dois hemisférios do cérebro é muito importante. Assim como o lado emocional, a inteligência espacial, habilidades motoras, o trabalho em grupo e também o raciocínio lógico, tudo isso é fundamental para a vida adulta”, afirma Ferron.

danca2Segundo a professora de Teatro, Karina Amorim Chaves, por meio da Escola de Arte, o Colégio Medianeira estimula os estudantes a se situarem e posicionarem perante o mundo com expressão. “Todas as crianças possuem capacidade de expressão, porém, é preciso descobrir a melhor forma de explorar essa aptidão. O teatro é uma das opções, pois direciona a criança ao desenvolvimento de habilidades como criatividade e imaginação”, lembra.

Com o núcleo “Faz de conta” as  crianças possuem contato com diversas histórias. A professora Luciane Hagemeyer define a leitura como uma maneira de enriquecer o mundo com o uso da imaginação. “É uma aprendizado, uma descoberta de diferentes modos de viver”. Já no segmento de Artes Visuais, o professor Bruno Ruiz, lembra que é importante não restringir a visão do aluno sobre a arte, mas permitir a interpretação e a criação de novas obras. “As imagens fazem parte da comunicação, sendo também uma forma de expressão e de expor opiniões”, conclui.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.