Frio movimenta o comércio e acelera reposição de estoques   

 

Roupas de inverno, cobertores, calçados e eletros têm procura inesperada com queda da temperatura

 

O comércio tem um aliado importante neste final de outono. A queda brusca das temperaturas está levando o setor a repor rapidamente os estoques de casacos, calçados, cobertores e eletros – especialmente aquecedores – em algumas lojas do Catuaí Londrina. Com o frio rigoroso, o consumidor nem espera a chegada oficial do inverno, na próxima segunda-feira, dia 20.

De acordo com Marissol Mandelli, gerente da loja Milon – de vestuário infantil –a procura por peças de inverno já fez aumentar em 30% as vendas nas duas últimas semanas em comparação ao mesmo período do ano passado.

A maior saída da loja é de moletons e casacos mais quentes. “O frio ajudou muito o giro de produtos nesses últimos dias. Em média reabastecemos nosso estoque quinzenalmente, mas esse ano a demanda está sendo maior do que isso,  então nos programamos para fazer a reposição conforme a necessidade”, afirma.

As lojas fast-fashion também foram surpreendidas pelo frio em Londrina. Na Riachuelo do Catuaí Shopping, graças ao inverno expressivo, na primeira quinzena de junho as vendas já são 30% maiores e, de acordo com a gerente da loja, Carolina Mahmud, a previsão é de que até o final do mês essa porcentagem dobre. “Para suprir essa demanda maior por casacos pesados e botas, principalmente, estamos recebendo produtos de outras regiões do país em que o inverno não é tão rigoroso”, explica.

Entre as alternativas para manter o frio bem longe estão os aquecedores, condicionadores de ar e estufas. As lojas de eletrodomésticos também reforçaram os estoques destes produtos, prevendo o aumento de vendas com as frentes frias que tomaram conta do Sul.

Na Colombo, segundo Ricardo Stresser, subgerente da loja, as mercadorias mais sazonais, como os secadores e aquecedores, estão tendo uma venda muita significativa. “Os aquecedores que recebemos essa semana já saíram quase todos, estamos tendo de repor mais esses produtos por conta do frio”, disse Stresser.

É possível encontrar aquecedores a partir de R$ 79,90 na Colombo do Catuaí, os secadores saem a partir de R$ 318. Já os aparelhos de ar-condicionado, que podem ser utilizados tanto no inverno quanto no verão, têm preços a partir de R$ 1.618.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.