“Filhote de Cruz Credo”, de Fabricio Carpinejar, estreia no Oi Futuro

O jornalista e escritor Fabrício Carpinejar passou por muitas dificuldades na infância ao receber de seus amigos uma série de apelidos nada lisonjeiros. Essa angustiante época de sua vida o motivou a escrever o livro “Filhote de Cruz-credo – A Triste História Alegre de Meus Apelidos”, que trata do tema do bullying infantil de maneira delicada e, ao mesmo tempo, contundente. A história cativou o produtor e ator Eduardo Katz na primeira leitura e o levou a adaptar a história para o teatro no espetáculo homônimo, ficará em cartaz até 25 de setembro, nos palcos do Oi Futuro Flamengo, no Rio de Janeiro. Com direção de Isaac Bernat, a montagem infanto-juvenil reúne o próprio Katz, na pele do protagonista Fabrício, e os atores Priscila Assum e João Lucas Romero.

A história se passa nos anos 70, quando o pequeno Fabrício sabe que tem algo de errado com sua aparência física, o que lhe rende apelidos como ‘Cara de Morcego’, ‘Cabeção’, ‘Monstro’ e ‘Filhote de Cruz-credo’. Ao lado da mãe e do irmão Rodrigo, ele vai ter que lidar com a implicância dos amigos, aprender como enfrentar o bullying diário e conquistar certa menina do colégio.

O Oi Futuro é o instituto de responsabilidade social da Oi. A missão do instituto é desenvolver e apoiar ideias capazes de construir um futuro melhor. O Oi Futuro acredita que o desenvolvimento humano depende de propostas inovadoras, oportunidades e atuação constante nas áreas de Cultura, Educação e Sustentabilidade. Saiba mais sobre o Oi Futuro no site: http://www.oifuturo.org.br/

*Créditos das fotos: Daniel Geller

Ficha Técnica:

Texto: Fabrício Carpinejar

Idealização e adaptação: Eduardo Katz

Direção: Isaac Bernat

Assistente de direção: Kika Werner

Elenco: Eduardo Katz, Priscila Assum e João Lucas Romero.

Cenário: Doris Rollemberg

Figurino: Desirée Bastos

Caracterização: Mona Magalhães

Direção musical: Charles Kahn

Diretora de Movimento: Michel Robim

Iluminação: Aurélio de Simoni

Direção de Produção: Jenny Mezencio

Serviço:

Filhote de Cruz-credo – A Triste História Alegre de Meus Apelidos

Local: Oi Futuro (R. Dois de Dezembro, 63 – Flamengo)

Telefone: (21) 3131-3060 Dias e horários: sábado e domingo, às 16h

Duração: 1 hora

Classificação indicativa: livre

Funcionamento da bilheteria: De terça a domingo, das 14h às 20h.

Temporada: de 10 de julho a 25 de setembro.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.