“Modelo educacional transformador” — LBV é convidada a apresentar sua experiência em NY

“Modelo educacional transformador” — LBV é convidada a apresentar sua experiência em NY

 

A Coalizão para a Cidadania Global 2030, rede internacional de organizações da sociedade civil associadas às Nações Unidas, convidou a Legião da Boa Vontade para apresentar sua inovadora proposta educacional nesta quinta-feira, 17 de novembro, às 15 horas (18 horas no horário de Brasília), no escritório da Comunidade Bahá’í junto à ONU, em Nova York, EUA.

O tema sugerido pelos organizadores do evento será “Transformação planetária por meio de uma Educação para Cidadania Global: um modelo criado pela Legião da Boa Vontade”. A ideia de estudar a proposta pedagógica da Instituição surgiu após a representante da URI (Iniciativa das Religiões Unidas) e membro da coalizão, Martha Gallahue, assistir à participação da Legião da Boa Vontade em simpósio promovido na ONU em outubro deste ano. “A apresentação da LBV foi não apenas emocionante, mas também transformadora”, contou.

As discussões buscam promover o intercâmbio de experiências de organizações de diferentes partes do mundo para alcançar o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável número 4 — assegurar uma educação inclusiva, equitativa e de qualidade para todos —, mais precisamente o indicador 4.7 que detalha uma meta específica para os governos implantarem modelos de educação que fortaleçam a cidadania global, a cultura de paz e os valores que preparem as próximas gerações para enfrentarem os diversos desafios da agenda de desenvolvimento sustentável.

Reconhecimento das Nações Unidas

O trabalho da Legião da Boa Vontade em várias partes do mundo tem o reconhecimento da Organização das Nações Unidas (ONU), com a qual tem atuado em parceria há mais de 20 anos. Em 1994, a LBV associou-se ao Departamento de Informação Pública (DPI) e, em 1999, foi a primeira instituição da sociedade civil brasileira a obter o status consultivo geral (grau máximo) no Conselho Econômico e Social (Ecosoc). E, em 2000, passou a integrar a Conferência das ONGs com Relações Consultivas para as Nações Unidas (Congo), com sede em Viena. Em 2004, foi cofundadora do Comitê de ONGs sobre Espiritualidade, Valores e Interesses Globais nas Nações Unidas.

Vale ressaltar que a LBV está presente na Argentina, na Bolívia, nos Estados Unidos, no Paraguai, em Portugal e no Uruguai. Somente no Brasil, ela possui 81 unidades de atendimento que consistem em escolas, lares para idosos e Centros Comunitários de Assistência Social, que atendem crianças, adolescentes, jovens, adultos, idosos e gestantes nas cinco regiões brasileiras. Em 2015, a Legião da Boa Vontade prestou 12.509.267 de atendimentos e benefícios a milhares de pessoas que receberam educação, cultura, alimentação e apoio nas áreas de saúde, segurança e trabalho, sempre com o diferencial da Espiritualidade Ecumênica, permeando toda atividade que a Instituição empreende.

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.