Curso Positivo apresenta novidades para 2017

Em evento fechado para pais dos estudantes matriculados este ano no Curso Positivo, professores apresentaram as novidades que o Sistema Positivo de Ensino preparou para 2017. Ainda em clima de comemoração pelos resultados obtidos nos principais vestibulares do Brasil, o diretor-geral do Curso Positivo, Renato Ribas Vaz, não escondeu a satisfação e o orgulho de registrar na história da instituição 24 primeiros lugares no concurso mais concorrido e difícil do Paraná, obtendo uma média de 71% de preenchimento das vagas de Medicina em Curitiba.

Na ocasião, foi apresentado o novo material didático, que prevê 33 aulas semanais. “Queremos superar os índices alcançados no ano passado, buscando ininterruptamente a melhoria da qualidade, superando as expectativas dos estudantes”, afirmou o professor Renato Vaz. Além da apostila com o conteúdo teórico das disciplinas, o novo material didático do Sistema Positivo de Ensino traz agora uma apostila com 28 mil exercícios, dos mais variados níveis de dificuldade. O material inclui também uma apostila diferenciada com testes dos vestibulares mais concorridos no Brasil e outra apostila específica para o ENEM.

Para melhorar ainda mais a preparação, o Curso Positivo passou a oferecer também um número maior de simulados: o geral, o de redação e um voltado à prova específica exigida pela Federal em alguns cursos. “A ideia é melhorar a preparação e diminuir a tensão dos estudantes nos dias de provas”, observa o diretor-geral da instituição, que anunciou um novo espaço de aulas, voltado aos alunos que almejam uma vaga no Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA). Vaz lembrou que, neste ano, o Curso Positivo aprovou seis alunos no Instituto, superando o número de 2016. Para o diretor, o sucesso do vestibulando depende de três coisas: “do próprio esforço; da instituição que deve oferecer ensino de qualidade; e dos pais, que são o suporte aos estudantes”.

Em todos os anos, o Curso Positivo recebe alunos de quase todos os estados do Brasil. “São culturas e línguas diferentes. Em comum, o desejo de passar no vestibular. Uma mistura de alunos que precisam aprender a conviver, o que gera um ganho de maturidade, pois, assim como na natureza prevalece a biodiversidade, a heterogeneidade das pessoas é fundamental para o desenvolvimento individual”, observa o professor Giba Lavras, que já lecionou para mais de 650 mil estudantes ao longo de sua trajetória como mestre.

 

Sobre o Curso Positivo

Fundado em 1972, o Curso Positivo nasceu de um sonho de um grupo de jovens professores, apaixonados pela profissão, que se uniram por um ideal: criar um curso pré-vestibular diferente, que acompanhasse os estudantes até os dias que antecediam o vestibular – algo pioneiro no Brasil, no início da década de 70. Desde então, o Curso Positivo se estabeleceu como uma instituição de destaque, registrando, historicamente, o maior índice de aprovação nos vestibulares mais concorridos das mais importantes faculdades e universidades do Paraná, bem como excelentes resultados nos exames das principais instituições de Ensino Superior do Brasil. O Curso Positivo conta com duas sedes em Curitiba (PR) e uma em Joinville (SC) e dispõe de uma equipe de professores com grande experiência, material didático de alta qualidade para a melhor preparação e um inovador sistema de aulas dinâmicas totalmente focado na aprovação dos vestibulandos. O Curso Positivo utiliza o Sistema Positivo de Ensino, da Editora Positivo, que fornece sistemas de ensino de vanguarda para escolas públicas e particulares, atingindo atualmente mais de 2 milhões de alunos no Brasil e no Japão.

Renato Ribas Vaz, diretor-geral do Curso Positivo Crédito: Diego Wladyka

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.