“DESnoite”- Espetáculo Multimídia une palavra, imagem, teatro e música no Teatro da Classe

Estreia na sexta-feira, dia 10, o espetáculo DESnoite, com incentivo da CELEPAR, criação da Processo Multiartes e realização da Vão Livre Produções Artísticas. O espetáculo apresenta criações do artista multimídia Adriano Esturilho, que também assina a direção.

DESnoite caminha por desfiladeiros curitibanos. O espetáculo apresenta o sentimento da morte à espreita e provoca questionamentos referentes à posição política atual. No monólogo que é encenado pelo ator Tiago Luz, o personagem, morador de Curitiba, recebe uma ligação no meio da madrugada para o reconhecimento de um corpo, o seu próprio corpo. Pensando ser um trote, o personagem desliga e durante seu trajeto entra em questionamentos e lembranças que vão recompor a cena da noite anterior.

Tiago Luz comenta que o monólogo é uma transposição da palavra para o palco. “Existe a habitação de estado de narrador, a peça traz uma característica da literatura de criar esses espaços vazios para que o espectador componha esse personagem, componha esse vazio”, diz o ator.

O espetáculo inclui repertório de canções de Adriano Esturilho, com temas ligados ao conservadorismo, à solidão urbana, ao moralismo excessivo e ao politicamente correto. “Questões que estão permeando esse momento de República de Curitiba tão em voga, e aqui é um polo de concentração, tanto para quem apoia como para quem resiste em nossos tempos de golpe”, diz o diretor.

As apresentações acontecem de 10 a 26 de março, de quinta a domingo às 20h, no Teatro Zé Maria – o Teatro da Classe. A entrada é franca. O projeto é realizado com o apoio do Programa de Apoio e Incentivo à Cultura: Fundação Cultural de Curitiba e Prefeitura Municipal de Curitiba. Incentivo Celepar.

 

Adriano Esturilho

Esturilho é escritor, músico, diretor e produtor de teatro e cinema. Dirigiu e escreveu peças como: Arrastom (2001/02), Criânsia (2003/04), Procura-se uma Estrela (2006-13), Samuel (2007), Amorfo (2007/14) e Ave Maria não morro (2009) e filmes como Café do Teatro (2007), Repontual (2007) Cristo (2007) e os longa metragem Gol a Gol (2009) e Circular (2011). Publicou os livros: O ser social (2000); Poesinhas – cantigas para perverter guris (2003); Cancha 2 – cantigas para perverter juvenis (2008) e Ocupado (2010). Atuou como colunista do Jornal Quixote e da Revista Cyclorama. É Fundador da Processo Multiartes. Indicado ao Prêmio Gralha Azul de melhor texto original pelo Espetáculo #zeqpop em 2013.

 

Equipe

Direção e Composição Musical: Adriano Esturilho

Ator: Tiago Luz

Produtor Musical: Eugênio Fim

Voz: Adriano Esturilho.

Guita e Backing Vocal: Eugênio Fim

Backing Vocal: Samara Bark

Assistência de Direção: Samara Bark

Direção de Produção: Bella Souza

Assistência de Produção: Kadije França

Produção Executiva: Judy Fiorese

Iluminação: Beto Bruel

Operação Luz: Dani Régis

Cenografia e Figurino: Paulo Vinícius

Assistentes de Cenografia e Figurino: Danielly Sampaio, Eduardo Neto, Nara Cavalli, Vitor Dias

Programações (bases eletrônicas): Eugênio Fim

Vídeos: Tarciso Fialho Jr.

Operação Vídeos: Andrew Knoll

Assessoria de Imprensa: Isabelle Neri

Fotografia: Isabelle Neri

Blog: Victor Hugo Gabardo

Programador Visual: Gabriel Stocco

 

 

Serviço:

Teatro: DESnoite

Local: Teatro Zé Maria – o Teatro da Classe, R. Treze de Maio, 655 – São Francisco – Curitiba (PR)

Data: 10 a 26 de março de 2017 (quinta a domingo)

Horário:  às 20h.

Ingressos: Entrada Franca.

Informações: WhatsApp Judy 41.9 9857-5557 / Bella 41.9 9602-8894

Classificação indicativa: 16 anos

Lotação máxima: 177 lugares

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.