Premiado texto Agreste é encenado no Festival de Curitiba

Espetáculo do dramaturgo Newton Moreno tem direção de Fátima Ortiz

A peça teatral Agreste é baseada em fatos reais. A história, escrita pelo dramaturgo Newton Moreno, fala da relação ao desconhecimento do corpo e da própria sexualidade. O drama aborda a vida de um casal de lavradores que se apaixona e foge para viver este amor. Décadas depois o marido morre e o romântico dá espaço ao trágico. O texto, que recebeu em 2004 os prêmios Shell de Teatro e da Associação Paulista dos Críticos de Arte (APCA), ganhou uma versão paranaense pelas mãos da diretora Fátima Ortiz. O espetáculo será apresentado na mostra FRINGE no Espaço Cultural Pé no Palco, em Curitiba, de 31 de março a 3 de abril, sempre às 20h.

Ao todo, onze atores e músicos entram em cena. O espetáculo se passa originalmente no agreste nordestino, mas uma história como esta poderia ser encontrada em diversas partes do Brasil e do mundo. A supressão do outro, do “diferente”, é o mote principal desta peça, recheada também de referências populares e religiosas. Uma narrativa épica que aborda a complexidade das relações.

“O texto é exemplar. Sua força dramática tem sido comprovada Brasil afora em montagem bem distintas. Daremos nossa versão da história que, de tão bem contada, abre infinitos espaços para levarmos ao palco. É um reino cuja cultura é o sol, onde se desvendam mundos simples e complexos paradoxalmente”, descreve Fatima Ortiz.

O espetáculo foi contemplado no Mecenato Subsidiado da Fundação Cultural da Prefeitura de Curitiba e teve o patrocínio do Banco do Brasil.

Serviço
Espetáculo “Agreste”
Temporada: 31 de março a 3 de abril de 2017
Horário: 20h
Local: Espaço Cultural Pé no Palco – Rua Conselheiro Dantas, 20 – Rebouças
Classificação: 12 anos
Gênero: Drama
Informações: 41 3029-6869
Ingressos: R$40,00 e R$20,00
Informações e ingressos: www.festivaldecuritiba.com.br/evento/agreste-253/

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.