Parceria entre a Editora Positivo e Provopar beneficia mais de 16 mil crianças

Mais de 16 mil crianças estão sendo beneficiadas com doações de materiais didáticos da Editora Positivo. A ação faz parte de uma iniciativa da Editora, juntamente com o Instituto Positivo, em parceria com o Programa do Voluntariado Paranaense (Provopar). Ao todo foram disponibilizados 85 mil volumes que foram destinados à escolas de educação básica de municípios que possuem baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH).

As doações, que ultrapassam a marca de R$ 1,5 milhão, já chegaram em grande parte das secretarias de educação. Essa parceria reforça o compromisso social e ambiental da Editora Positivo, uma vez a doação faz parte do programa de gestão de estoque da companhia. Neste programa, um comitê formado por profissionais de diversas áreas analisa os materiais remanescentes e indica potenciais destinações aos mesmos. Uma vez decidida a doação, outras equipes entram em campo para separar o estoque e compor os kits para que alunos e professores possam utilizá-los. “O volume de trabalho é grande, mas trabalhamos com dedicação e cuidado. Quando imaginamos os materiais chegando nas mãos dos alunos sabemos que tudo valerá a pena”, observa o diretor de operações da Editora, Mauro Monteiro.

O diretor geral da Editora Positivo, Emerson dos Santos, explica que as doações contemplam dezenas de títulos, cuidadosamente desenvolvidos por especialistas, mestres e doutores nas mais diversas áreas do conhecimento. “Dentro da missão da Editora, que é construir um mundo melhor por meio da educação, ficamos satisfeitos em contribuir com as escolas que atendem crianças e jovens em nosso estado, uma vez que elas desenvolvem um trabalho de extrema relevância para as comunidades onde estão inseridas”, destaca.

Segundo a presidente do Provopar estadual, Carlise Kwiatkowski, “é uma honra ao Provopar realizar esta parceria com o Positivo e poder levar para as crianças materiais de tamanha qualidade.” “Este apoio é muito importante e tenho certeza de que são parcerias assim que fazem a diferença na vida das pessoas”, enfatizou a Secretária da Família e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa.

A primeira experiência de doação de materiais didáticos à prefeituras com baixo IDH no Paraná ocorreu em 2014, quando a Editora Positivo também contou com a experiência e parceria do Provopar. Foram doados 271 volumes com materiais educacionais do Sistema de Ensino Aprende Brasil para o Centro Municipal de Educação Infantil Cantinho do Céu, de Bocaiúva do Sul, na região metropolitana de Curitiba. As crianças e seus professores contaram com suporte do material didático durante todo o ano.

“Esse é mais um exemplo do potencial de impacto que as parcerias público-privadas possuem. As equipes do Positivo se dedicaram por pelo menos três meses para viabilizar a doação. Já o Provopar conhece a realidade dos municípios paranaenses. Além de indicar aqueles que possuem maior necessidade e que possuem o número de alunos compatível com a quantidade de itens a serem doados, colabora com o processo de expedição, garantindo que os volumes cheguem corretamente aos municípios. Com isso, os maiores beneficiados são os alunos que passam a contar, durante todo o ano, com materiais de qualidade que irão colaborar com a sua aprendizagem e desenvolvimento cognitivo”, relata a diretora do Instituto Positivo, Eliziane Gorniak.

As coleções Ecobox, Mais Cores, Projeto Eco para o Ensino Médio, Caderno Enem para o Ensino Médio, Livro Portal do Saber, Coleção História- Cultura e Sociedade, Coleção Linhas e Letras, doadas pela Editora Positivo irão atender crianças e jovens da Educação Infantil ao Ensino Médio, em seis municípios paranaenses.

Futuro

Para o prefeito de Almirante Tamandaré, Gerson Colodel, as doações chegam em boa hora e vão atender a todas as crianças que estudam na rede municipal. O mesmo diz a secretária de Assistência Social de Virmond, Marliza Granoski: “nosso município é pequeno e muito carente. Com as doações vamos reforçar o aprendizado e motivar ainda mais nossa comunidade escolar”. Prefeita de Porto Barreiro, Marinez Crotti, destaca que a doação irá auxiliar o trabalho do município nas séries iniciais. “Os professores estão sempre buscando inovar e os materiais vem justamente contemplar essa necessidade. Essa parceria também faz a diferença uma vez que é a oportunidade de um conteúdo desenvolvido num grande centro chegando até eles”, observa.

Já para o prefeito de Bom Jesus do Sul, Cézar Bueno, “com a doação as crianças do município ganham a mesma oportunidade de conhecimento das crianças de grandes centros”. “Eu entendo que a Editora Positivo não está apenas doando livros, está doando futuro”, finalizou o prefeito de São João do Ivaí, Fábio Hidek.

Num segundo momento, outros municípios também serão contemplados com as doações. No entanto, segundo Mauro Monteiro “não existe periodicidade determinada para que ocorram novas doações. Estas tornam-se possíveis quando a Editora reúne uma quantidade representativo de volumes e autoriza a sua destinação”.

A fim de aproveitar ao máximo a destinação dos itens em estoque, a Editora e o Instituto Positivo também estabeleceram parcerias com sete organizações sociais que atuam com reforço escolar e ensino profissionalizante no contra-turno escolar. Essas organizações, devidamente registradas nos Conselhos dos Direitos da Criança e do Adolescente, estão estabelecidas em Londrina e Maringá (PR), Caxias do Sul (RS), Uberlândia (MG) e Anápolis (GO).

 

 

Sobre a Editora Positivo: Fundada há 37 anos, a Editora Positivo tem a missão de construir um mundo melhor por meio da educação. Tendo as boas práticas de ensino como seu DNA, a Editora especializou-se ao longo dos anos e tornou-se referência no segmento educacional, desenvolvendo livros didáticos, literatura infantil e juvenil, sistemas de ensino e dicionários. A Editora Positivo está presente em milhares de escolas públicas e particulares com os seus sistemas de ensino. Amplamente recomendados pela área pedagógica e reconhecidos pelos seus resultados, os sistemas foram criados de modo a atender a realidade de cada unidade escolar. Para a rede pública a editora disponibiliza o Sistema de Ensino Aprende Brasil. Já as escolas particulares contam com o Sistema Positivo de Ensino e com o Conquista. Cerca de 2 milhões de alunos utilizam os sistemas de ensino da Editora Positivo, em escolas públicas e particulares, no Brasil e no Japão.

Sobre o Instituto Positivo: O Instituto Positivo (IP) foi criado em 2012 e atua como gestor do Investimento Social Privado do Positivo. A principal vocação do Instituto – a Educação – comunga com a do Grupo como um todo. Assim, desde 2015, o IP passou a instituir como prioridade de ação o fortalecimento e a melhoria da educação básica brasileira. Para atingir seus propósitos, o Instituto Positivo se beneficia das competências adquiridas pela longa trajetória do Grupo Positivo, como a extensa e qualificada rede de parceiros. Os relatórios de sustentabilidade do Grupo Positivo, que mostram a estratégia de gestão dos temas mais relevantes em que a instituição atua, podem ser visualizados no site positivo.com.br/instituto/sustentabilidade.

 

Sobre o Provopar: Programa do Voluntariado Paranaense é uma sociedade civil sem fins lucrativos que tem como finalidade desenvolver ações sociais em todo o Estado do Paraná. Promove a melhoria da qualidade de vida e a valorização das populações com baixo índice de desenvolvimento humano, viabilizando programas e ações que possibilitem a sua sustentação, através de programas de geração de renda, garantindo sua inclusão social. Ao mesmo tempo também são desenvolvidas ações emergenciais e campanhas que mobilizam a sociedade a participar e colaborar.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.