Aprenda a construir uma lista de e-mails de qualidade para o seu negócio

O e-mail marketing é uma ferramenta de comunicação digital muito eficaz para fortalecer a relação entre empresas e clientes. Além de mais econômico, esse tipo de recurso é bastante utilizado por grandes marcas para divulgar ofertas exclusivas, promoções, notícias relevantes e outras informações.

Para ter sucesso em uma estratégia de e-mail marketing, é importante pensar no conteúdo da campanha e, além disso, pensar muito bem na qualidade da lista de contatos que receberá as mensagens. Não adianta ter ideias brilhantes e direcioná-las para o público errado.

Uma lista de e-mail deve ser criada de maneira inteligente e direcionada. Por isso, é importante levar em conta a segmentação do público e outros detalhes.

Muitas empresas optam por comprar listas de contatos prontas para trabalhar o e-mail marketing por ser uma opção mais rápida para disparar mensagens. No entanto, nem sempre isso gera os resultados esperados. E o pior, a marca perde credibilidade no mercado e as mensagens acabam indo para a lista de spam.

Quando uma companhia utiliza listas compradas, tal atitude é considerada uma prática inadequada, pois as pessoas incluídas na lista não solicitaram o recebimento das mensagens, nem assinaram a newsletter do seu site. Outras práticas, como palavras repetidas no texto e nome do assunto com caixa alta também fazem um e-mail ser considerado spam.

Outra informação importante é que os contatos cadastrados em uma lista comprada para enviar e-mail marketing não são confiáveis. As pessoas que têm seu endereço eletrônico incluído nessas listas costumam receber inúmeras mensagens de outras empresas que também compram listas. Por esse motivo, é provável que sua mensagem se perca entre tantos outros e-mails. Além disso, esse tipo de lista costuma ter e-mails antigos ou que já foram desativados pelos usuários.

Geralmente, as listas de e-mail compradas possuem todos os tipos de perfis de pessoas, incluindo aquelas que não têm relação com sua marca. Dessa forma, enviar mensagens para internautas que não fazem parte do seu público-alvo acaba se tornando uma grande perda de tempo para o negócio.

Crie sua própria lista de e-mail e tenha sucesso com seu público-alvo

Agora que você já sabe a importância do e-mail marketing e tem consciência de que uma lista comprada não trará resultados, é hora de criar a sua própria lista de e-mail. Nela, estarão os endereços eletrônicos de quem realmente tem interesse em saber mais sobre o seu serviço ou produto.

A primeira recomendação é ter em seu blog ou site um espaço para os visitantes se cadastrarem para receber newsletter, comunicados, novidades sobre a marca, ofertas e promoções. Vale lembrar que esse processo deve ser simples para não fazer com que a pessoa desista de se cadastrar. Quanto mais fácil for, mais usuários farão o cadastro na página.

Por mais que a empresa queira saber mais sobre o consumidor, é melhor pedir apenas informações básicas e deixar o excesso de perguntas para outro momento.

Uma dica é colocar um formulário no topo ou na lateral da página. Outra ideia é recorrer à inserção de Pop-ups no website. Também é válido utilizar as redes sociais da marca para solicitar inscrições, fazer pesquisas, utilizar os canais de atendimento da empresa e oferecer vantagens para a indicação de novas pessoas.

Existem diversos sites especializados em serviços de envio de e-mail marketing e estratégia digital. O All In, por exemplo, possui soluções diferenciadas nesse segmento, fazendo com a empresa atinja o cliente da maneira correta pelos diferentes canais de comunicação online.

Além de conseguir atrair novos contatos, as empresas devem se preocupar em manter os já existentes. A melhor maneira para atingir esse objetivo é investindo em conteúdo relevante, com uma linguagem adequada e informações de qualidade.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.