Solange Knowles: Levi’s celebra Dia do 501® com lançamento de documentário

A Levi’s® conquista a lealdade dos fãs, geração após geração, com um espírito inovador desde 1873. E em 20 de maio de 1873, a marca inventou um jeans simples que mudaria para sempre a forma como as pessoas se vestem. Por mais de um século, o jeans 501® foi usado, rasgado, reparado, misturado, masterizado e estilizado de todas as formas possíveis. Usado por gerações – de trabalhadores a rock stars e presidentes – o jeans 501® define estilo e autoexpressão e cuidadosamente evoluiu para uma família de fits cobiçados que, a cada segundo, está sendo continuamente redefinido em todo o mundo.
E para comemorar o aniversário da invenção desse fit, a marca está lançando o quinto e último episódio de um documentário em série, contando desde sua história até sua  influência, principalmente no mundo da música. Mais do que no mundo da música, porém, o jeans Levi’s®  chacoalhou e mudou para sempre a moda universal, sendo cultuado por lendas, que vão desde supermodelos como Cindy Crawford, até um dos estilistas mais importante da história da indústria, Yves Saint Laurent, que disse:
“Eu gostaria de ter inventado o jeans. Eles têm expressão, modéstia, sex appeal, simplicidade – tudo o que espero em minhas roupas.”
 
Ao logo desse tempo, o jeans mais amado do mundo ganhou interpretações de estilistas e designers – como Damien Hirst e Jean Paul Gaultier – botão de ouro, cores, interferências culturais e customização.
A timeline da história de 144 anos do surgimento do 501® até os dias de hoje é repleta de engajamento com o momento vivido pela sociedade de sua época.
A primeira calça nasceu em 1873 e ganhou o nome de 501® porque era exatamente o número do lote do tecido utilizado para fazer a primeira peça. Levi Strauss passou a chamar a peça de 501® para identificar a novidade com os rebites de cobre já patenteados pela Levi Strauss & Company. Vale lembrar que o ícone foi criado para atender as necessidades dos trabalhadores das minas, na Califórnia, que necessitavam de uma roupa que fosse resistente.
O tempo passou e a marca continuou a fabricar a calça com alguns ajustes e modificações, já que a peça usada para o trabalho havia ganhado as ruas dos Estados Unidos. O sucesso era tão grande que até as mulheres passaram a usar a peça destinada ao público masculino, o que para a época era um escândalo.
Na década de 1950, a Levi’s® tornou-se ícone da cultura americana Rebel, impulsionada pelos ídolos da indústria cinematográfica – os jeans Levi’s® foram destaques em filmes como Hot Rod Rumble, The Wild One e Blackboard Jungle. Em 1957, Elvis Presley tomava conta da música e do cinema, sempre usando Levi’s®.
A geração hippie chegou com seus protestos pacíficos usando como “uniforme de liberdade”, os originais jeans Levi’s®, símbolo de expressão e originalidade. O maior evento musical da época, Woodstock, vestiu-se de jeans durante os três dias do mais importante festival da história contemporânea.
Em 1971, Andy Warhol criou a capa do álbum “Sticky Fingers”, dos Rolling Stones, com Mick Jagger vestindo um jeans zip fly da marca. Outro ídolo da música americana, Bruce Springsteen, usou seu jeans 501® na capa do álbum “Born in The USA”, lançado em 1984.
E onde há muito jovem reunido, com certeza tem Levi’s® 501®. Em 1989 o mundo viu cair o Muro de Berlim, 28 anos depois de sua construção. Muitos jovens do bloco Leste puderam comprar pela primeira vez um jeans que não fosse do mercado negro.
A virada do milênio chegou, e a revista Time elegeu a Levi’s® 501® como o melhor item da moda do século 20, ganhando da minissaia e do tubinho preto.
Ser ícone não é fácil. Mas a Levi’s® 501® resiste ao tempo porque será sempre muito atual, não importa a década, século ou milênio. Ela se transforma, se adapta, ganha novas lavagens e acabamentos e segue como objeto de desejo, como original, como pioneira. Segue como a peça símbolo de liberdade, atitude, rebeldia, trabalho. Segue sempre nova, sempre atual. Segue, principalmente, como única.
Narrando a influência do jeans Levi’s® 501® na história cultural, a Levi’s® criou uma série de documentários em várias partes, “O Jeans 501®: Histórias de um Original.” A série de filmes explora o impacto duradouro do jeans 501® Original na história cultural. O documentário que celebra a história do 501® é dividido em 5 capítulos, 4 dos quais já foram liberados, que tratam dos seguintes subtemas:
·         EPISÓDIO 1: O 501® VAI AO TRABALHO 
No primeiro episódio de “O Jeans 501®: Histórias de um Original”, é mostrada a jornada do 501® como uma roupa utilitária para mineiros de carvão, cowboys e trabalhadores industriais por todo o caminho até os trabalhadores criativos que continuam a usá-lo hoje.
 
·         EPISÓDIO 2: ESTILO
Pela primeira vez, os jeans Levi’s® são usados pela sua aparência, ao invés de sua função. Com os filmes de cowboy da década de 30, todos queriam provar a vida de cowboy. Estrelas de Hollywood usaram-no por décadas e o 501® torna-se um ícone de estilo: continuando a inspirar designers contemporâneos e líderes de estilo.
 
·         EPISÓDIO 3: REBELDIA
O 501® é um símbolo para as contraculturas e sempre esteve costurado no tecido da América, interpretado de muitas maneiras ao longo de anos. Os Rebeldes da década de 50 orgulhosamente usavam o jeans 501® – adotado dos trabalhadores após a Grande Depressão – e o tornaram um símbolo de irreverência e solidariedade. Usado por todos, de James Dean e Marlon Brando a Jack Kerouac e Jackson Pollock, o jeans 501® tornou-se emblema da juventude e símbolo de rebelião. Rebeldes através das décadas são unidos pela franqueza, individualismo e seu amor pelo 501®.
·         EPISÓDIO 4: JAPÃO
Para continuar a história apresentada no documentário “O Jeans 501®: Histórias de um Original”, o quarto episódio explora a cultura do denim gerada pela Levi’s® além de seu país – uma paixão particularmente no Japão. O filme conta a história da chegada da Levi’s® no Japão na década de 50, a explosão do denim vintage que chegou ao ápice nos anos 90, e como a versão japonesa do estilo Americana agora possui influência global. O quarto episódio apresenta personalidades e ícones como: Nigo®, fundador da BAPE; Shinsuke Takizawa, fundador da NEIGHBORHOOD; Erik Brunetti, fundador da FUCT; Verbal & Yoon, cofundadores da AMBUSH e Motofumi “Poggy” Kogi, diretor criativo da UNITED ARROWS & SONS, e muitos outros.
·         EPISÓDIO 5: MÚSICA
O quinto episódio apresenta personalidades como a ganhadora do Grammy de R&B Solange, o rapper e ator Snoop Dogg, o icônico cantor country Dwight Yoakam, o rapper Vince Staples, o compositor/cantor/ pintor/artista visual Kilo Kish, a famosa estilista Karla Welch, a cantora/compositora Amber Coffman e muitos outros.
 
 
Sobre a Levi’s®
A Levi’s® traduz o estilo americano clássico e despojado. Desde sua invenção por Levi Strauss & Co.,em 1873, o jeans Levi’s® tornou-se a roupa mais reconhecida e imitada no mundo – capturando a imaginação e a fidelidade das pessoas por várias gerações.  Hoje, o portfólio da Levi’s® continua a evoluir através de um pioneirismo persistente e um espírito inovador sem paralelo na indústria de vestuário. A linha líder de jeans e acessórios está disponível em mais de 110 países, permitindo que pessoas do mundo inteiro expressem seu estilo pessoal. Para mais informações sobre a Levi’s®, seus produtos e lojas, visite: levi.com.br
 
Veja mais em:
claudio@agencialema.com.br

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.