Cimento e concreto ganham destaque na decoração

 

Quando você pensa em cimento, as primeiras coisas que lhe vêm à cabeça são canteiro de obra, construção, sujeira, desempenadeira? Então está na hora de rever seus conceitos. Parte fundamental de muitos projetos de arquitetura, o cimento vem sendo utilizado no acabamento de pisos, paredes e até de alguns móveis, além de dar vida a objetos de decoração de tipos e tamanhos variados.

Por ser neutra, a cor cinza é uma das mais modernas e versáteis utilizadas na arquitetura e decoração, permitindo mais liberdade na escolha de móveis e objetos decorativos. Dependendo da tonalidade e do contexto do projeto, sua cor pode conferir um ar urbano, moderno, rústico ou sóbrio no ambiente.

Um dos caminhos é optar pelo cimento queimado da Votorantim Cimentos, que é feito a partir de uma massa virada na obra, com a mistura de cimento, areia e água, que deve ser aplicada sobre a superfície. Em seguida, joga-se o pó de cimento na massa ainda mole. Por fim, a superfície deve ser desempenada, espalhando esse pó e deixando-a bem lisinha até obter o tom desejado. Depois de seco, está pronto o cimento queimado.

A volta do concreto aparente

O concreto aparente também é uma boa escolha. Uma das marcas registradas do Movimento Modernista do século 20, ele saiu dos holofotes por alguns anos e só voltou a aparecer no final da década de 60. A mistura de cimento, areia, brita e água viveu seu auge nos anos 70 e caiu em desuso nas duas décadas seguintes.

Desde os anos 2000, porém, o concreto aparente vem sendo resgatado e pode ser visto constantemente em projetos arquitetônicos, seja em vigas, pilares, paredes e até em cabeceiras de cama. Econômico, ele dispensa etapas como emboço e reboco, além dos revestimentos, é um material versátil que aceita diversas texturas e tem fácil manutenção. A Votorantim Cimentos oferece dicas de preparo do concreto aparente no site Mapa da Obra.