Embratel Star One discute tendências da indústria satelital no SET Expo 2017

Empresa participa de debate sobre novas aplicações satelitais e futuro das telecomunicações

A Embratel Star One, a maior operadora de satélites da América Latina, apresentará suas ofertas satelitais e discutirá tendências do setor durante o Congresso de Tecnologia SET Expo 2017, que acontece de 21 a 24 de agosto, em São Paulo.

“É muito importante para a Embratel Star One, como líder e precursora de soluções via satélite na América Latina, participar de debates como esse, que buscam analisar o futuro das telecomunicações e da indústria satelital no Brasil e no mundo”, afirma Gustavo Silbert, Presidente da Embratel Star One.

A empresa terá palestra do Gerente de Produtos do Segmento Espacial, Geraldo Cesar de Oliveira, no painel “Soluções de Próxima Geração para TVs, OTTs e VODs com IP Via Satélite”, no dia 22 de agosto, às 11h30. No debate, serão discutidas tendências e novas aplicações da indústria satelital, sob o ponto de vista de telecomunicações e de novas aplicações de vídeo e áudio em geral.

“O debate proposto está alinhado às novas ofertas da Embratel Star One, que oferece capacidade satelital para as principais emissoras de TV e canais independentes”, acrescenta Silbert.

A Embratel Star One também oferece capacidade satelital para as maiores empresas do Brasil, bancos e diversos órgãos do Governo. A empresa possui o maior e mais moderno centro de operações de satélites do Brasil e da América Latina, localizado em Guaratiba (Rio de Janeiro), por onde engenheiros e técnicos altamente especializados controlam, monitoram e gerenciam a frota satelital da Embratel Star One, que conta com nove satélites, sendo seis em órbita geoestacionária e três em órbita inclinada.

Dentre os nove satélites da Embratel Star One, o mais recente a entrar em operação comercial é o Star One D1, que faz parte quarta geração de satélites da empresa e se destaca por oferecer capacidade satelital para toda a América Latina, desde o México até o sul da Argentina. O Star One D1 está equipado com as Bandas C, Ku e Ka para ampliação do uso de aplicações corporativas no território nacional. O Star One D1 também cria uma nova estrutura de backhaul de telefonia celular para o Brasil.

 

Sobre a Embratel Star One

A Embratel Star One é a maior operadora de satélites do Brasil e da América Latina, além de ser uma das mais representativas empresas do mundo em seu setor. Criada em dezembro de 2000 como uma subsidiária da Embratel, possui uma frota com nove satélites. Além do Star One D1, possui cinco satélites em órbita geoestacionária (Star One C1, C2, C3, C4 e C12) e três em órbita inclinada (Brasilsat B2, B3 e B4). O controle e monitoramento dessa frota é feito a partir de seu Centro de Guaratiba (RJ), o primeiro do mundo a receber o certificado de qualidade ISO 9001/2000. Com seus satélites, a Embratel Star One oferece ofertas de transmissão de dados, telefonia, TV, rádio e Internet. Para mais informações, acesse www.starone.com.br.