Médicos debatem importância das campanhas públicas da SBEM

Representantes das regionais estiveram reunidos durante CBAEM 2017 para discutir sobre próximas campanhas de saúde relacionadas às doenças endócrinas, como obesidade e diabetes mellitus, duas das maiores epidemias do mundo

Médicos que integram os quadros da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia – Regional Paraná (SBEM-PR) representam o estado no Congresso Brasileiro de Atualização em Endocrinologia e Metabologia (CBAEM 2017), que acontece em Fortaleza. O mais importante evento nacional da especialidade teve início na quarta-feira (dia 16) e segue até domingo (dia 19), com a participação de mais de 1.600 inscritos.

Os endocrinologistas da SBEM-PR Cleo Otaviano Mesa Junior, Gisah Amaral de Carvalho, Cesar Luiz Boguszewski, André Gustavo Daher Vianna, Rosângela Réa, Margaret Boguszewski, Carolina Aguiar Moreira e Julienne Angela Ramires de Carvalho participaram como palestrantes no CBAEM, abordando temas relacionados às áreas de tireoide, hipotireoidismo na gestante, metabolismo ósseo e mineral, endocrinologia pediátrica, pâncreas artificial, indicação de tratamentos farmacológicos, entre outros temas.

Durante o CBAEM 2017 foi realizada uma reunião com integrantes do Departamento de Campanhas da SBEM Nacional e das regionais Paraná, Mato Grosso, Bahia, Santa Catarina, Pará, Espírito Santo, Paraíba e Rio de Janeiro. Periodicamente a SBEM organiza campanhas voltadas ao público, com objetivo de gerar conhecimento à população em relação às principais doenças endócrinas, além de valorizar a atuação do endocrinologista.

O objetivo central destas campanhas é melhorar a saúde pública através da educação da população. “Em Curitiba, por exemplo, mais da metade da população (54,2%) está acima do peso segundo Ministério da Saúde, um dado alarmante que requer campanhas contínuas de esclarecimento”, afirma a endocrinologista Silmara Leite, presidente da SBEM-PR.

“Vemos um crescimento significativo nos números da obesidade e na prevalência das doenças crônicas, o que revela que é preciso fazer mais, que é necessário um engajamento de toda sociedade e também mais políticas públicas para controlar a obesidade”, alerta a médica.

A presidente da SBEM-PR, endocrinologista Silmara Leite representa a entidade no CBAEM 2017 em Fortaleza – Foto: Divulgação

SERVIÇO
Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia – Regional Paraná | SBEM-PR

E-mail: sbempr@endocrino.org.br
Av. República Argentina, 369, cj. 1101, 11º andar,
Água Verde, Curitiba/PR CEP: 80240-210
Fone: (41) 3343-5338
www.sbempr.org.br|  www.facebook.com/sbemparana