“O Herói Provisório” passa a fazer parte da literatura nacional

A escritora paranaense Etel Frota lançou seu primeiro romance na Livraria da Vila, em Curitiba

A Livraria da Vila em Curitiba foi cenário para o lançamento do primeiro romance da escritora paranaense Etel Frota. Nesta quarta-feira (30), a letrista e poeta fez  noite de autógrafos do livro “O Herói Provisório”, publicado pela Travessa dos Editores.

São 286 páginas de história pela qual passeiam personagens reais e ficcionais. O pano de fundo é um episódio que ocorreu em 1850, quando os canhões da Fortaleza de Nossa Senhora dos Prazeres, na Ilha do Mel, abriram fogo contra um cruzador inglês, que rebocava três navios brasileiros, supostamente negreiros. A editoração da obra ficou a cargo da escritora Adriana Sydor. A foto da capa é de Alan Romero e a diagramação, da designer Clarissa Menini.

Amigos, familiares, escritores e admiradores foram até o espaço do Pátio Batel prestigiar Etel Frota. “Estou muito feliz. Enfim, depois de tantos anos de pesquisas, viagens, desafios e obstáculos, lanço meu primeiro romance. E, principalmente, conto com o apoio de tantas pessoas que fizeram e fazem parte de minha vida”, confessou a autora.

Etel se declara orgulhosa de receber tantas observações e depoimentos positivos sobre a obra. A escritora lembrou que, para estrear como romancista, era necessário ter como metas um enredo bem construído, personagens muito bem delineados e consistentes, e uma linguagem elegante e fluente. “Espero ter chegado perto desse resultado. Tomara que os leitores do livro tenham a mesma satisfação que eu tive ao escrevê-lo”.

Carlos Faraco, linguista, prestigiou o lançamento do romance – Foto: Bebel Ritzmann