Saiba como encontrar os canais digitais em sua TV

Realizar o processo de busca de canais é indispensável para ter acesso a todos os canais disponíveis na sua região.

O Brasil está passando por um importante processo de modernização. O sinal analógico de TV será desligado em Curitiba e em 26 cidades da região no próximo dia 31 de janeiro de 2018. Para que a população possa assistir todos os canais digitais, a Seja Digital, entidade não governamental e sem fins lucrativos responsável por operacionalizar essa mudança, alerta sobre a importância de realizar a busca de canais. Este é um processo indispensável, pois os canais digitais não aparecem automaticamente nos televisores.

Quando os canais de TV aberta passam a ser transmitidos pelo sinal digital, eles ganham um novo número. Por exemplo, se o sinal analógico é transmitido no canal 2, com o sinal digital ele passará a ser 2.1. Mas para captar o sinal digital, além da antena digital e do conversor – para os televisores fabricados antes de 2010 –, é necessário realizar a busca de canais. O processo é simples:

  • acesse o menu pelo controle remoto da TV ou do conversor;
  • encontre a opção que mais se assemelha a “busca de canais” – em alguns televisores chama-se busca automática, em outros o nome é ressintonia ou programação de canais;
  • a partir disso, siga as orientações da tela:
    • “A” na tela da TV: indica acesso ao sinal analógico;
    • Canal com formato 2.1: indica acesso ao sinal digital.

Ao final deste processo, o televisor terá encontrado todos os canais digitais disponíveis em sua região e exibirá a programação com imagem e som de cinema.

Sobre a Seja Digital

A Seja Digital (EAD – Entidade Administradora da Digitalização de Canais TV e RTV) é uma instituição não governamental e sem fins lucrativos, responsável por operacionalizar a migração do sinal analógico para o sinal digital da televisão no Brasil. Criada por determinação da Anatel, tem como missão garantir que a população tenha acesso à TV Digital, oferecendo suporte didático, desenvolvendo campanhas de comunicação e mobilização social e distribuindo kits para TV digital para as famílias cadastradas em programas sociais do Governo Federal. Também tem como objetivos aferir a adoção do sinal de TV digital, remanejar os canais nas frequências e garantir a convivência sem interferência dos sinais da TV e 4G após o desligamento do sinal analógico. Esse processo teve início em abril de 2015 e, de acordo com cronograma definido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, mais de 1300 municípios terão o sinal analógico desligado até 2018.