Congresso em Curitiba chama a atenção para a trombose, doença que afeta a coagulação do sangue

Entre os temas abordados no Hemo 2017 está a trombose, doença ainda pouco conhecida pelos brasileiros, segundo uma pesquisa do IBOPE.

A trombose é um coágulo sanguíneo responsável por causar obstrução e inflamação na parede do vaso, conhecida pelos médicos como trombose venosa profunda. A doença também pode atingir artérias do corpo.
Cerca de 60% a 70% das tromboses venosas acontecem nas regiões das pernas, de 20% a 30% nos pulmões e 10% em outras veias do corpo.

Segundo o especialista e membro do Comitê de Hemostasia e Trombose da Associação Brasileira de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular (ABHH), Daniel Ribeiro, a trombose é a terceira causa de morte vascular no mundo, “a taxa de incidência é de uma a cada mil pessoas, sendo uma doença muito frequente”.

No Congresso haverá um curso sobre hemostasia e trombose em parceria com a International Society on Thrombosis and Haemostasis (ISTH). O objetivo principal é abordar o desenvolvimento e os avanços no campo da trombose e hemostasia com vistas a incrementar o conhecimento em mecanismos, diagnóstico, estratégias de tratamento e melhoria dos cuidados aos pacientes. raquelribeiro@rspress.com.br