Nos dois primeiros dias, Feirão Limpa Nome da Serasa bate recorde histórico de acessos pela internet

Nos dois primeiros dias, 3,9 milhões de pessoas buscaram renegociar suas dívidas no Feirão Limpa Nome da Serasa, um recorde histórico. O site para renegociação de dívidas atrasadas online entrou no ar na última segunda-feira (6) e conta com a participação de mais de 1,7 mil empresas de diversos segmentos (bancos e financeiras, cartões de crédito, telefonia, lojas e recuperadoras de crédito, entre outras) dispostas a dar condições especiais, com prazos de pagamentos diferenciados e (ou) descontos de até 90% na quitação das contas em atraso para que os clientes voltem a ter o nome limpo.

Dados levantados pela Serasa Experian mostram que a maioria dos acessos dos dois primeiros dias partiu de São Paulo (30,81%). O Rio foi o segundo estado com maior número de participantes: 12,55% e Minas Gerais ficou em terceiro lugar, com 8,77% do total de visitas. Bahia ficou em quarto, com 6,43%, seguido do Paraná, 5,55%.

O levantamento também mostrou que o sexo feminino predominou, com 55% do total de ingressos no feirão. A faixa etária dominante (43% do total) foi formada por pessoas entre 25 e 34 anos; outros 24% tinham entre 35 e 44 anos e 13% daqueles que acessaram, entre 18 e 24 anos. 12% foram entre 45 e 54 anos, 7% de 55 a 64 e 2% acima de 65 anos.

A maioria das pessoas (69%) visitou o portal a partir de smartphones; 29% utilizaram o computador como meio de acesso e 2% se conectaram pelo tablet. Os picos das visitas aconteceram por volta das 13h e 15h, em ambos os dias.

Feirão Limpa Nome no ar até dia 30 de novembro

A negociação dos débitos em aberto pode ser feita até o dia 30 de novembro pelo computador, tablet ou celular, com toda a segurança, em um site interativo, especialmente desenvolvido para a nova edição do Feirão Limpa Nome da Serasa Experian.

Para participar, basta acessar o site www.feiraolimpanome.com.br. Ali os consumidores encontrarão todos os detalhes do evento, empresas parceiras e como participar.  Ao se cadastrar o consumidor será direcionado a uma página na qual estarão listadas as dívidas que constam na base de dados da Serasa e que podem ser negociadas com as empresas participantes. Também serão apresentados os canais de atendimento (telefones, e-mail, chat) disponibilizados por cada credor e, em alguns casos, ofertas pré-estabelecidas por meio de boleto bancário ou até mesmo simular, escolher a melhor condição de pagamento e gerar o boleto de forma online.

O site é desenvolvido em ambiente protegido, o que garante a proteção aos dados do consumidor. Assim, quem não tiver internet em casa, pode usar qualquer computador, celular ou tablet para negociar. Na última edição do Feirão Limpa Nome da Serasa, 320 mil consumidores limparam o nome.

A Serasa Experian reforça que o endereço oficial do Feirão é:www.feiraolimpanome.com.br.

Além disso, a Serasa não pede nenhuma forma de adiantamento ou depósito bancário para que o consumidor possa quitar suas dívidas. Toda a negociação é feita diretamente com o credor por meio do site.

Mapa da inadimplência

Segundo estudo desenvolvido pela área de Decision Analytics da Serasa Experian, em setembro de 2017, o número de consumidores inadimplentes no país chegou a 60,5 milhões, 1,51% a mais do que em setembro de 2016, quando eram 59,6 milhões. O montante alcançado pelas dívidas no nono mês deste ano foi de R$ 267,5 bilhões, com média de quatro dívidas por CPF, totalizando R$ 4.422,00.

maior concentração dos negativados tem entre 41 e 50 anos (19,5% do total). Em segundo no ranking de participação entre os inadimplentes estão os jovens de 18 a 25 anos, que respondem por 14,6% do total.

Veja, na tabela abaixo, os percentuais referentes a todas as faixas etárias:

Os homens representavam 50,9% dos inadimplentes em setembro/2017. A maioria das dívidas foi contraída junto aos setores bancários e de cartão de crédito (29,6% do total). Na comparação com setembro/2016 houve queda de 0,6 ponto percentual nas dívidas nesse segmento. O setor de utilities (energia elétrica, água e gás) respondeu por 17,8% do total de débitos em atraso, aumento de 0,6 ponto percentual na comparação com setembro/2016. Já Telefonia alcançou 11,7% do montante: queda de 0,2 ponto percentual em relação a setembro de 2016. Já a inadimplência do varejo era de 13,8% em setembro deste ano, aumento de 0,7 ponto percentual na comparação com o mesmo mês de 2016. O setor de serviços respondeu por 10,7% da inadimplência, queda de 2 pontos percentuais em relação a setembro de 2016.

Inadimplência por região

 

O estudo também mostra que, em setembro/2017, a região com maior percentual de inadimplentes do país era a Sudeste, com 54,0% do total, seguida pela região Nordeste, com 16,5%. O Sul ficou em terceiro, com 15,6% dos negativados.

Procura por limpar o nome aumentou no semestre

No primeiro semestre de 2017 o número de consumidores que utilizaram o serviço Limpa Nome da Serasa para negociar dívidas em atraso aumentou 65,3% em relação aos primeiros seis meses de 2016.

Feirão Limpa Nome é oportunidade

“O consumidor deve aproveitar a oportunidade da nova edição do Feirão Limpa Nomepara limpar o nome, renegociando com condições de pagamento que caibam em seu bolso para sair da inadimplência”, diz diretor de estratégia e gestão Serasa, Raphael Salmi. “Este ano decidimos por realizar o feirão 100% online para ampliar a oportunidade e ajudar o maior número de consumidores em todo o Brasil. Estamos na época de recebimento do 13º salário, e quem possui benefício, é recomendável que priorize o pagamento da dívida com este recurso”.

Todas as empresas participantes do Feirão Limpa Nome oferecem vantagens exclusivas aos consumidores para a negociação de pendências financeiras. Para isso, elas têm à disposição diferentes ferramentas de recuperação da Serasa Experian, o que lhes permite uma análise detalhada da situação de cada cidadão. “Cada empresa oferece uma proposta individualizada, com o objetivo de facilitar a conversa e proporcionar um bom resultado ao final do acordo ”, explica o executivo.

Consumidor deve se preparar antes de renegociar

O consumidor precisa fazer um bom planejamento antes de negociar uma dívida, colocando na ponta do lápis todas as despesas fixas e as dívidas já assumidas ou previstas. Assim, é possível saber quanto deve sobrar para pagar a nova dívida que será negociada (ou mais, se for o caso), escolhendo quais as condições e formas de pagamento melhor se encaixam no orçamento.

Para ajudar a população, o SerasaConsumidor, disponibiliza gratuitamente no site o e-book Como se preparar para a negociação de dívidas, com uma série de dicas para fazer uma boa negociação e limpar o nome.

AGENDA

Feirão Limpa Nome Online

Data: de 6 a 30 de novembro.

Horário: 24 horas por dia

 

Local: www.feiraolimpanome.com.br

viviane.evangelista@comuniquese2.com.br