Sorrir é o melhor remédio

Hoje é comemorado o Dia Internacional do Riso, o dia em que no mundo todo as atenções estão voltadas ao gesto mais puro e capaz de refletir tantos sentimentos, tais como a felicidade e a ternura. Mas, além disso, o riso pode ser considerado um poderoso antídoto contra problemas de saúde.

O sorriso é uma das maneiras mais naturais e saudáveis de reduzir o estresse e tensões ocasionadas por situações ruins. Segundo Rosane de Azevedo Cabral, psicóloga do Hospital Nossa Senhora das Graças (HNSG) de Curitiba, o riso produz alterações bioquímicas e psicológicas no nosso organismo e pode ser considerado um fator de proteção, que fortalece o sistema imunológico. "Ao sorrir o organismo libera endorfina, hormônio que produz reações que proporcionam sensação de felicidade, bem estar, e prazer. Sendo assim, é capaz de diminuir a pressão arterial, oxigenar o cérebro deixar a mente mais relaxada, auxiliando nos aspectos cognitivos e processos de memória", explica.

O sorriso aproxima as pessoas e funciona como um cartão de visitas. A pessoa que não sorri pode não se dar conta, mas acaba emitindo ao outro a mensagem de estar fechada e pouco disposta a aproximações.

A psicóloga comenta que quem sorri, consequentemente, se torna mais otimista, positiva, facilitando o convívio social e os relacionamentos interpessoais. "Osorriso contribui no estabelecimento e manutenção dessas relações. É um gesto simples, acolhedor, que colabora para gerar um ambiente mais agradável repleto de aspectos positivos", afirma.

Não existe uma quantidade determinada de riso diário para que ele atue como remédio aos males de saúde, mas este sem dúvidas não possui contraindicações e, desta forma, o uso pode ser continuado, e ter, inclusive, superdosagens. O riso pode ser considerado o melhor remédio.  imprensa@hnsg.org.br

Talvez você se interesse por estes artigos

Fechar Menu