O Cyramza (ramucirumabe), anticorpo monoclonal desenvolvido para o tratamento de tumores sólidos, recebeu a aprovação da Anvisa para duas novas indicações de câncer: pulmão e colorretal. A partir de agora, o medicamento  passa a ser uma nova opção terapêutica para pacientes adultos com câncer de pulmão de não pequenas células metastático ou localmente avançado e colorretal metastático que tenham apresentado progressão da doença a esquemas anteriores de tratamento.

Desde 2016, o medicamento é utilizado para o tratamento de pacientes adultos com câncer de estômago (adenocarcinoma gástrico ou da junção gastroesofágica avançado ou metastático), que tenham apresentado progressão da doença após quimioterapia prévia com platina ou fluoropirimidina, como agente isolado ou em combinação com paclitaxel.

Sobre o câncer de pulmão

O câncer de pulmão é um dos tumores malignos mais comuns do mundo. Segundo estimativas da Organização Mundial da Saúde (OMS) cerca de um milhão e setecentos mil casos novos são diagnosticados anualmente. Segundo dados do INCA, estima-se que mais de 30 mil casos de câncer do pulmão serão diagnosticados em 2018. Em 2013, a doença provocou a morte de mais de 24 mil pessoas¹.

O estudo REVEL, que comparou CYRAMZA® em combinação com docetaxel versus docetaxel mais placebo, atingiu o seu objetivo primário de sobrevida global de 10,5 meses para o braço Cyramza mais docetaxel versus 9,1 meses no braço docetaxel mais placebo.³ CYRAMZA®, em combinação com docetaxel, é indicado para o tratamento de pacientes adultos com câncer de pulmão de não pequenas células metastático ou localmente avançado que tenham apresentado progressão da doença, e que já tenham apresentado falha com quimioterapia prévia baseada em platina.4

Sobre o câncer colorretal

O câncer colorretal é um dos mais fatais e é responsável por mais de meio milhão de mortes todos os anos em todo o mundo. Segundo dados do INCA, estima-se que mais de 36 mil casos de câncer colorretal serão diagnosticados em 2018. Em 2013, provocou a morte de mais de 15 mil pessoas².

O estudo RAISE, que comparou CYRAMZA® em combinação com FOLFIRI versus FOLFIRI mais placebo, atingiu o seu objetivo primário de sobrevida global de 13,3 meses no braço de Cyramza mais FOLFIRI versus 11,7 meses no braço FOLFIRI mais placebo.³ CYRAMZA®, em combinação com FOLFIRI (irinotecano, ácido folínico e 5-fluoruracila), é indicado para o tratamento de pacientes adultos com câncer colorretal metastático que tenham apresentado progressão da doença após terapia prévia com bevacizumabe, oxaliplatina e fluoropirimidina. 5

Referências

1 - http://www2.inca.gov.br/wps/wcm/connect/tiposdecancer/site/home/pulmao

2 - http://www2.inca.gov.br/wps/wcm/connect/tiposdecancer/site/home/colorretal

3 – CYRAMZA®, ramucirumabe. São Paulo: Eli Lilly do Brasil, 2017. Bula do medicamento.

4 – Garon EB, Ciuleanu T-E, Arrieta O et al. Lancet 2014;384(9944):665-673

5 – Tabernero J et al. Lancet Oncol 2015;16(5):499-508,

Para saber mais sobre a Lilly, acesse www.lilly.com.br.

vinicius@tinocomunicacao.com.br

Talvez você se interesse por estes artigos.

O nervo ciático é responsável por controlar as articulações do quadril, joelho e tornozelo e, também, os músculos posteriores da coxa e os músculos da perna.  A lombociatalgia, mais conhecida como "dor no ciático", é um problema...
Fechar Menu