Vendas de seminovos e usados crescem 3,1% no Paraná 

Notaparana

As vendas do setor de veículos seminovos e usados continuam positivas no Paraná, acompanhando a tendência nacional. No acumulado dos primeiros cinco meses de 2018, de janeiro a maio, as vendas aumentaram 3,1% no Estado, se comparado com o mesmo período de 2017. Os dados são da Associação dos Revendedores de Veículos Automotores no Estado do Paraná (Assovepar) com a Federação Nacional das Associações dos Revendedores de Veículos Automotores (FENAUTO), que compreendem as categorias: automóvel, comercial leve, comercial pesado, motos e outros.

Os dados registram que no Paraná foram vendidos no acumulado dos cinco primeiros meses do ano de 2018, o total de 496.862 veículos, contra 481.902 unidades comercializadas no mesmo período de 2017. O crescimento também foi registrado se comparado o mês de maio com abril de 2018. Em maio foram comercializados 105.126 veículos, contra 101.121 em abril de 2018, registrando também um volume maior de vendas, com crescimento de 4%.

O presidente da Assovepar, Cesar Lançoni dos Santos, comenta que as vendas estão positivas e normalizadas como tradicionalmente pelo período. Também ressalta que a expectativa é boa para os últimos meses do ano. “Mesmo durante a crise, o nosso setor manteve positiva as vendas e agora vemos que o mercado já está seguindo normalmente com crescimento gradativo. E para este segundo semestre, acreditamos que o setor estará mais aquecido, pois o consumidor está  sempre  mais disposto a comprar ou trocar de veículo nos últimos meses do ano”. Ele também orienta que as lojas associadas Assovepar são empresas sérias na comercialização de veículos seminovos e usados, sendo uma ótima opção para quem está procurando vender ou comprar um veículo. “As revendas Assovepar oferecem comodidade ao cliente, pois contam com ótimas infraestruturas, com vendedores qualificados e trabalham com carros de procedência para dar segurança na negociação. Além disso, é aberta e preparada para diversos tipos de negócios que podem facilitar e agilizar a venda”, finaliza.