Alunos do Colégio Opet escolhem nesta quarta novo prefeito e vereadores da Cidade Mirim

0
28
Divulgação

Divulgação

O Colégio Opet realiza nesta quarta-feira (25), das 14h às 17h, as eleições para os cargos de prefeito e vereadores da Cidade Mirim. Ao todo, 296 alunos-eleitores participam da votação que vai escolher um entre três candidatos ao cargo de prefeito. Concorrem ao cargo os alunos Matheus Andrey, que tem como vice Felipe Vigo, Petra Bauer, com a vice Geovanna Barela, e José Victor Trombetta, ao lado do vice João Pedro Oshiro, todos alunos do 4º Ano do Ensino Fundamental. Além do novo prefeito, os alunos do Colégio Opet elegerão também doze vereadores da Cidade Mirim para 2016. Ao todo, 26 alunos concorrem aos cargos.

Pelo PSM (Partido Social Mirim), a dupla Matheus-Felipe tem como propostas a criação do Dia do Bingo e do Pastel, atividade que será aberta à comunidade e terá sorteio de prêmios, e da Festa de Halloween na Cidade Mirim, com concurso de fantasias. Já a chapa Pietra-Geovanna, também do PSM, propõe a reativação da Rádio Opet, com conteúdos produzidos pelos alunos para os alunos, e a criação de uma gincana entre as turmas de cada série, com conteúdos aprendidos em sala de aula e brincadeiras. A terceira chapa, José-João, do PEM (Partido Ecológico Mirim) apresenta como propostas a criação do jornal Gazeta Mirim, para alunos em tempo integral, e a Sexta Cultural, voltada para alunos que tenham talentos artísticos, em apresentações mensais.

Prefeito, vice e vereadores eleitos nesta quarta serão diplomados pelo Tribunal Regional Eleitoral em cerimônia a ser realizada no segundo bimestre de 2016. Como será um ano de eleições municipais, o prefeito-mirim eleito promoverá um debate entre os candidatos à Prefeitura Municipal de Curitiba para que os alunos-eleitores possam avaliar as propostas nas áreas da Educação, Lazer e Esportes, Mobilidade Urbana e Políticas para a Infância e Juventude.

O processo eleitoral da Cidade Mirim começou em outubro, com a filiação partidária dos alunos que desejavam concorrer às vagas, realização de assembleias para definir as chapas e elaboração das propostas, além das duas semanas de campanha, nas quais a Cidade Mirim se mobiliza em torno das chapas do PSM e PEM.

Deixe uma resposta