Refugiados que moram em Curitiba e região receberão atendimento odontológico gratuito

Cerca de 200 refugiados que estudam língua portuguesa na Universidade Federal do Paraná (UFPR) receberão atendimento odontológico gratuito neste sábado (14). O serviço será prestado pela cooperativa odontológica DentalUni, de Curitiba. A ação social ocorrerá no pátio da Reitoria da universidade (Rua Dr. Faivre, 405), das 8h às 18 horas.
A iniciativa de prestar o atendimento de saúde bucal aos refugiados nasceu como projeto de uma aula de pós-graduação em Gestão da Saúde Odontológica, no ISAE-FGV, intitulado “O mundo pode sorrir”, desenvolvido em parceria com a Organização das Cooperativas do Paraná (Ocepar). Cerca de 35 funcionários da DentalUni participam da pós.
O gestor do projeto, Roberto Fermiano Rodrigues Filho, explica que o atendimento será prestado a imigrantes e refugiados de diversas nacionalidades que estejam morando em Curitiba e na região metropolitana. “Queremos levar aos imigrantes e refugiados a conscientização quanto à necessidade de higienização bucal, orientações e técnicas de escovação, prevenção de doenças bucais, realizadas por meio de palestras preventivas ministradas por técnicos de saúde bucal e cirurgiões-dentistas”, explica.
No sábado cinco “odontomóveis” ficarão estacionadas no pátio da Reitoria para o atendimento. Serão feitas avaliações e, se houver necessidade, os participantes serão encaminhados para consultórios para dar continuidade no tratamento. “Ninguém irá pagar nada. Nossos cirurgiões-dentistas prestarão o atendimento sem nenhum custo para os refugiados”, observa Filho.
Além dos que fazem o curso da UFPR, foram convidados refugiados por meio de abordagens nas ruas de Curitiba. “Percorremos locais onde normalmente eles se concentram e fizemos o convite para irem até a Reitoria neste sábado”.
O projeto conta com a colaboração de cerca de 30 empresas. Outras informações podem ser encontradas no sitewww.omundopodesorrir.com.br
helio@nota10.com.br

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui