Grupo de teatro da CAA-PR estreou no último fim semana

0
4

O grupo de teatro Act Legis, formado por advogados e dependentes estatutários, em projeto desenvolvido pela Caixa de Assistência dos Advogados (CAA-PR), estreou no último sábado (4) a montagem: “As aventuras de Juvenal – O vassourinha real”. Foi o primeiro espetáculo do grupo, que se apresentou no Bosque do Papa, em Curitiba.

“As críticas iniciais foram as melhores possíveis. Tendo em vista que o elenco, em sua maioria, é formado por atores amadores, que para muitos era estreia no teatro, e sendo em espaço aberto, o desafio era maior ainda. Mas tudo ocorreu como o esperado e estamos ansiosos para a próxima apresentação”, afirmou o advogado e diretor do grupo Fábio Teberga.

Com uma apresentação prevista para o próximo sábado (11), às 15h30, no Bosque do Papa, o diretor diz que o grupo pretende apresentar a peça em um teatro no segundo semestre, em data ainda a ser definida. A estreia em  espaço aberto surgiu da necessidade de estrear e a dificuldade de agenda e recursos para locação de teatro. “Sendo a rua um espaço democrático, foi a melhor opção” explicou Teberga. A montagem tem apoio da CAA-PR, da OAB Paraná, do Estúdio 42 e da Administração do Bosque do Papa.

Diretora da CAA, Iolanda Gomes entre os atores da peça no Bosque do Papa

Diretora da CAA, Iolanda Gomes entre os atores da peça no Bosque do Papa

Grupo
O Act Legis começou a ser formado no ano passado por advogados e dependentes interessados no universo do teatro, após a inauguração do Edifício Maringá e a possibilidade de uso do espaço, onde ensaiam regularmente nas noites de sexta-feira, sob a coordenação de Fábio Teberga.

Com texto de Silvio Medeiros Kanda e direção de Fábio Teberga, a primeira peça do grupo conta a história de Juvenal, um jovem que acaba de ser contratado para ser o “vassourinha real” e fazer toda a limpeza do castelo. Logo em seu primeiro dia, o Primeiro Ministro coloca Juvenal numa grande enrascada, com a difícil missão de salvar a vida da Rainha. A tarefa não será fácil, pois Juvenal terá que enfrentar muitos desafios. “A montagem tem o caráter simples na concepção de cenário e figurino, pois busca a valorização da interpretação e o trabalho do ator” disse o diretor.

O elenco é formado por Raphael David Farias Moraes (Juvenal), Lucélia Biaobock (rainha), Fábio Teberga (primeiro ministro), Vanessa Moraes (bruxa), Luiza Motta (corpo seco), Jamil Tavares Júnior (alma penada), Cibele Oliveira e Aldy Coelho (bobos da corte). São seis advogados e dois dependentes. “Há muitas outras pessoas indiretamente envolvidas com o projeto, mas o principal é que quando o espetáculo está pronto para apresentações atrai milhares de pessoas, fazendo a integração da sociedade com a Classe Advocatícia, como ocorreu no dia 4 de junho”, salientou Teberga.

Serviço:
As aventuras de Juvenal – O vassourinha real
Sábado, 11 de junho, às 15h30
Bosque do Papa
Entrada franca

Deixe uma resposta