Instituto Democracia e Liberdade completa 1 ano e faz ressurgir os valores e os princípios da democracia liberal

 

Empresário Edson José Ramon, presidente do IDL
Empresário Edson José Ramon, presidente do IDL

Fundado em 2015 e presidido pelo empresário Edson José Ramon, o Instituto Democracia e Liberdade (IDL) tem se firmado como a entidade paranaense que está fazendo ressurgir novamente, e com força, o pensamento e os valores dos princípios da democracia liberal.

De forma ativa e contundente, o IDL vem se posicionando sobre assuntos que pautam cotidianamente a imprensa nacional, sem se furtar de opinar e mostrar a sua articulação empresarial e política.

O Instituto defende no plano político, a democracia representativa e pluralista; no plano econômico, a livre iniciativa e a diminuição do estado; no plano administrativo, a máxima descentralização do poder estatal; e também, o direito à propriedade privada; a legitimidade do lucro e a liberdade de expressão.

Como principais diferenciais do IDL está a interação com a academia e com a juventude brasileira (a mais influenciada pela doutrina de esquerda), formando a consciência liberal desde a sua base e mostrando aos jovens a importância dos conceitos liberais para a democracia. Também, a articulação de ações imediatas e urgentes, com agilidade e sem medo de mostrar o posicionamento para a opinião pública. E, por fim, a capacidade única de extrapolar fronteiras e replicar nacionalmente os seus posicionamentos com rapidez, por meio de redes ligadas aos principais institutos liberais espalhados por todo o Brasil.

Os eventos do IDL – promovidos com os mais renomados juristas, economistas, parlamentares e intelectuais – auxiliam a fomentar o debate e o diálogo sobre as questões que impactam o desenvolvimento sócio-econômico-cultural do Brasil. Entre os nomes que já falaram a convite do IDL estão o Ministro do Superior Tribunal de Justiça, Luiz Edson Fachin, o senador Álvaro Dias, os deputados Osmar Serraglio e Rubens Bueno, o jurista René Dotti, o reitor da Universidade Positivo, José Pio Martins, os jornalistas Leandro Narloch e Flavio Morgenstern e o economista Alexandre Schwartsman.

Dessa forma, o IDL tem tido função ímpar na promoção da salutar troca de ideias, colaborando com a pluralidade de pensamentos necessária à democracia. “Assim, acreditamos auxiliar no crescimento de toda a sociedade, não permitindo que esta tenha um pensamento estanque, porém renovado e aprimorado dia após dia”, assegura o presidente do Instituto, Edson José Ramon. Mais informações em www.idl.org.br.

 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

DEIXE SUA OPINIÃO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui