Local de implante da prótese mamária traz resultados diferentes para a cirurgia

0
2313

Resultados mais naturais e menor chance de troca a longo prazo são os principais benefícios da técnica dual plane

 

Quando o paciente decide colocar uma prótese mamária, sempre pensa no tamanho e formato da prótese. Mas o local a ser colocado influencia, e muito, no resultado final. A prótese pode ser colocada atrás da glândula mamária (subglandular), atrás do músculo (submuscular) e metade atrás da glândula e metade atrás do músculo, técnica chamada de dual plane. “O dual plane traz um resultado mais natural, apresenta menor possibilidade de dobras futuras e faz com que a prótese seja quase impalpável externamente”, afirma, lembrando que ao passar dos anos algumas próteses se tornam aparentes a olho nu, o que é evitado com a técnica dual plane.

            O médico afirma que hoje grande parte das cirurgias de prótese mamária no mundo são realizadas com essa técnica. “Uma das desvantagens dessa técnica é que ela não permite uma grande aproximação dos seios, mas na maioria dos casos o resultado fica natural e muito satisfatório”, afirma.

            A quantidade de tecido mamário que o paciente apresenta é a característica principal analisada na hora de definir onde será colocada a prótese. O implante subglandular é indicado para mulheres que possuem tecido mamário para cobrir a prótese, ou para as que desejam ter um colo mais marcado. “O pós-operatório dessa técnica é menos doloroso, mas nessa posição a prótese apresenta mais chances de contratura capsular a longo prazo, levando a deformação da mama”, explica o especialista.

            A colocação submuscular é mais indicada para pacientes que apresentam pouca glândula mamária ou gordura. “O silicone fica menos visível com a colocação atrás do músculo, porém a recuperação é geralmente mais lenta e dolorosa”, alerta.

            Legnani alerta para a qualidade e certificação das próteses usadas. “Hoje opero apenas com duas marcas importadas, que garantem maior longevidade, menor risco de rupturas e dobras, já que hoje as opções não necessitam mais de troca em determinado período de tempo”, indica.

Local de implante da prótese mamária traz resultados diferentes para a cirurgia

Sobre Bruno Legnani:

O médico cirurgião plástico Bruno Legnani possui título de especialista pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), tem residência médica em cirurgia plástica e microcirurgia pelo Instituto Nacional do Câncer e fellow internacional em cirurgia plástica estética na Akademikliniken, na Suécia.